terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Nat King Cole

Nat King Cole nasceu no dia 17 de março de 1919. Desde pequeno já tocava no coral da igreja, da qual seu pai era pastor. Além de pianista, cantava jazz, música gospel e clássica.

Resolvi citar esse excelente músico, pois hoje faz 46 anos que ele nos deixou, e isso seria uma singela homenagem.

Aos 12 anos de idade começou a ter aulas de música, onde aprendeu o jazz, música gospel e música clássica.
Na década de 30, finalmente, iniciou sua carreira com o nome de Nat Cole juntamente com seu irmão Eddie Cole. Após uma apresentação num clube de jazz, Nat passou a utilizar king no nome, e então tínhamos agora Nat King Cole.

Posteriormente, com mais dois músicos formou o King Cole Swingers e pôde se apresentar em diversos bares antes de realizar um show. Em 1943 gravou seu primeiro Hit, Straighten Up And Fly Right, baseado num conto negro. Depois disso foi convidado para gravar o mesmo e acabou por vender mais de 500.000 cópias. Daí em diante, Nat King Cole alcançou o auge com muitos sucessos que estão tocando até hoje.

No dia 5 de novembro de 1956 estreou na NBC-TV com The Nat King Cole Show. Devo ressaltar, que naquela época, algumas pessoas se incomodavam pelo fato de um negro apresentar um programa, principalmente por ele ter sido o pioneiro nisso.

E o programa que antes tinha 15 minutos, passou a ter uma hora, sinal de que o público estava satisfeito. Ainda em 1956 foi atacado num show por um racista e isso o fez lutar pelos direitos dos negros.
Nat teve 5 filhos, dentre eles destaco Natalie Cole, a qual aparece na foto ao lado. Dos 5 filhos, uma morreu vítima de câncer no pulmão e outra de Aids

Devo ressaltar que Natalie também é cantora, inclusive ela fez uma homenagem ao pai, cantando com ele Unforgettable, uma de suas músicas mais famosas. Se quiserem ouvir, ela está disponível, logo ali ao lado.

Mas infelizmente, por alguma razão que não sei explicar, Cole também era fumante e isso acarretou numa série de problemas. Um deles foi um câncer no pulmão o que consequentemente trouxe insuficiência respiratória.
Aos 46 anos, no ano de 1965 ele gravou seu último filme , Cat Ballou e faleceu no dia 15 de fevereiro do mesmo ano.
E então perdíamos mais uma voz inigualável, mais um homem incrível e mais uma pessoa que hoje poderia ter feito toda a diferença no mundo da música atual. Embora nos deixando a filha, que é muito talentosa, ele levou o que ele tinha de mais precioso, a voz. Um dia quem sabe, teremos cantores tão bons quanto ele.


20 comentários:

Saulo Thiago disse...

Cara, em primeiro lugar parabéns pelo blog... acho que eu nunca entrei em um blog com esse tipo de conteúdo! Muito massa mesmo!!

King Cole, Paixão da minha vó! ela tem o disco dele, tinha que ouvi quando ia pra casa dela! era só o que ela ouvia hauha!
enfim ador Jazz!!!

http://verdadequemeconvem.blogspot.com

Danny disse...

Putz, foi paixão a primeira vista, este blog.
Super inovador, com um excelente conteúdo...E ser ''recebida''com um post sobre um dos reis do jazz...Muito bom mesmo.

beijoo, estou te seguindo.

Clarissa Vergara disse...

Bah, parabéns*-*
ótimo blog, eu nunca tinha visto conteudo tão bom em um só lugar!!!

Parabéns...

To te seguindo pela qualidade, teu blog vai para a lista do meus blogs favoritos no meu blog, irei dibulga-lo...da uma olhadinha lá depois

Muito Bom mesmo

http://clarissaeletras.blogspot.com/

Djessyka disse...

Primeiro parabéns pelo blog, muito legal, muito mesmo!
E segundo gostei que você falou da Natalie Cole, Unforgettable!

"unforgettable in every way and forever more, that's how you'll stay that's why, darling, it's incredible"

Haverão bons, comparações virão também, mas acho que cada um fez sua parte de um jeito diferente.

Muito legal aqui.

Lud disse...

já conhecia ele porque adoro Jazz! Também amo BB King, Ray Charles e outros.
Unforgettable é realmente uma música memorável. Com certeza teremos muitos cantores bons mas como ele JAMAIS.

Ulisses Coelho disse...

O respeito para com os clássicos é a melhor perpectiva para a manutenção desse altíssimo nível de excelêcia. Nat King Cole, com certeza, figura nessa constelação

Clássico é tudo aquilo que o tempo, em vez de desbotar, colore com os tons da saudade.

Continue esse trabalho no blog!

http://filosofossuicidas.blogspot.com/

- TwoSave disse...

Blog com tema diferenciado, ein?
Parabens...

Acabei descobrindo coisas aqui
que nem mesmo sabia que existia ;/


Abraços
GJ

Mayara disse...

AI, seu blog é perfeito demais!
Eu não sei nada sobre clássicos, e estou aprendendo muito com o seu blog :D
Gostei demais da música dele, e olha que legal, nasceu no mesmo mês que eu, hahaha :D
Que triste ):
Pelo menos deixou a filha mesmo ><
Mas acho que não é como ele, haha ^^
Pena que levou a voz dele embora, mas, um dia, sempre teremos que dizer adeus a algo bom :/

Láh/ disse...

Não gosto de Jazz. :P Alguns amigos meus quase me matam por isso e sempre tentam me fazer gostar, me passando músicas e etc.
Unforgettable é uma delas.. A letra é muuito bonita, mas o tipo de música não faz meu estilo. :)
Prefiro Blues.. :P

Mas o que me chamou a atenção foi o fato de uma TV chamar um negro pra fazer um programa, afinal, pelo o que sei, naquela época isso era raro, ou talvez até impossível.
Mas que bom que houve aceitação da maior parte do público. :)


*O que é que a baianaa teeeeeeeeeeeeeeeeem* x)

Léo Bini. disse...

Grande Blog! parabéns ;D

Preguiça alheia disse...

Parabéns pelo blog.. obrigado pela visita!

ps.: estou te seguindo!

Abraço,
P.A.

S.tephanie M.ello disse...

Nossa, esse Blog é total cultura! Meus parabéns!
Um raro achado, para os apreciadores da música.

Eu agradeço por você ter feito esse blog. Eu tenho aprendido muito, nessas duas visitas por aqui, e pretendo vir sempre. Não pare de escrever. É bom desfrutar das informações que você nos oferece.

Sinceramente, eu não conhecia esse cantor, e já vou dar uma pesquisada.

Abraços. :)

S.tephanie M.ello disse...

PS: Eu adoro Nina Simone

Queria encontrar mais materiais, tipo entrevistas com ela. No youtube não tem muita coisa.

Jazz é lindo. Blues... Tudo! =)

Lolly disse...

adorei esse blog, o tema diferenciado, e tudo, PARABÉNS!

Karla Hack dos Santos disse...

A voz dele sempre me arreia...
Tenho a mania de ouvir música sem ver data, acho que ela deve ser boa a qualquer época! King Cole era/é/sempre será um destes casos extraordinários!
Morreu tão novo!

Gostei que falou da Natalie.. a homenagem dela com Unforgettable é belíssima!!!

;D

Rodrigo Ferreira disse...

Gostei muito doo seu blog.

Sendo ainda de música e ainda um pouco , ou seja, nem e do meu tempo. Adorei msm ficou demais com as imagens desse cantor.

Quando eu precisa de fazer algum trabalho que seje de cantores de música antiga vou indicar esse blog.

vou te seguir

Pura Diferençia disse...

VELHO GOSTEI TEM CONTEUDO 8-*
TO SEGUINDO RETRIBUI

Jânio Quadros Notícias disse...

Mais uma cida ceifada pelo cigarro. Ótimo Blog. Uma pergunta, você é fã de jazz?

Anônimo disse...

Cadê o meu comentário? (anonimo)

Célio Diniz disse...

O que vou dizer???
DEMAIS!!!! Surpreso fiquei em achar seu blog por acaso.. estava procurando algo sobre Nat King Cole e de repente...
Parabéns!!! Fico muito contente e emocionado em saber que ainda existem pessoas que são sensíveis a boa música.
Virei seu fã...

Abçs.. BH/MG

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top