quarta-feira, 18 de maio de 2011

Artie Shaw

Arthur Jacob Arshawsky, ou simplesmente Artie Shaw, nasceu no dia 23 de maio de 1910. Clarinetista, ator e escritor, foi um dos pioneiros no estilo Third Stream, que mistura jazz e música clássica. Aos 16 anos, após aprender a tocar saxofone, mudou para o clarinete e viajou em turnê pelos Estados Unidos, apresentando-se com bandas e orquestras.

Após gravar Begin the Beguine, fez uma parceria com a Bille Holiday, que não durou muito tempo, devido a incompatibilidade de ambas as agendas. No auge de sua carreira, trabalhou no Blue Room of New York's Hotel Lincoln, ganhando cerca de 60 mil dólares por semana. Na década de 40, reconhecido mundialmente como um dos melhores clarinetistas da época, participou do filme Second Chorus, o qual recebeu duas indicações ao Oscar, juntamente com Fred Astaire e Paulette Goddard. Posteriormente, contribuiu para a trilha sonora dos filmes The Big Store e The Man Who Fell to Earth.

Durante a Segunda Guerra Mundial, alistou-se na Marinha, onde formou uma banda e passou 18 meses realizado shows tanto nos teatros, quanto nos campos de batalha. Voltando da Guerra, fez algumas apresentações e foi para a Europa, onde mais tarde, encerraria sua carreira. Em 1952, escreveu uma autobiografia "The Trouble With Cinderella: An Outline of Identity" que posteriormente foi republicada em 1992 e 2001. Em 1981, após um longo período longe da mídia, organizou e criou a Artie Shaw Bnad com o também clarinetista, Dick Johnson. Quatro anos depois, foi lançado o documentário Artie Shaw: Time Is All You've Got; que continha uma série de entrevistas com grandes nomes da música, inclusive com o próprio homenageado.

No ano de sua morte, foi contemplado com o Grammy Lifetime Achievement Award, pela sua contribuição no mundo musical. Casado oito vezes e pai de dois filhos, nunca escondeu que sofria de diabetes e, infelizmente, no dia 30 de dezembro de 2004 aos 94 anos, faleceu devido a complicações da doença.

32 comentários:

Juliane Bastos disse...

Sax me prende em qualquer momento, acho simplesmente perfeito. Mais um que deixou uma linda história. :D

OzMose - TClassic disse...

Poxa! Eu to querendo assistir faz tempo "Artie Shaw: Time Is All You've Got", mas não consigo achar em lugar nenhum!

TClassic
www.ozmosecerebral.com.br

Francorebel disse...

Artie... que nome mais lindo!


Também sou meio retrô às vezes, sabia?


E que bom gosto tem você!


Abraços!


F.

Anônimo disse...

Poo bem bacana sua ideia, te falar que eu não conhecia esse Artie ai não, kkk nem sabia quem era! agora ja sei alguma coisa a respeito! belo blog


http://aneurysmnanet.blogspot.com/

Leonardo disse...

Outro que morreu com mais de 90 anos. Esse parece que teve um vida boa ^^
Eu acho o som dos intrumentos de sopro muito bonitos...Gostei da música que está tocando.
Me interessei tambem pelo filme Second Chorus. Tendo Fred Astaire e Paulette Goddar deve ser bom.

Blog UaiMeu! disse...

Bacana Rubi, acho tão bonito Jazz um estilo gostoso de se ouvir e saber que a tanto tempo atrás as pessoas tinham esse gosto refinado como Artie Shaw.
Mais sucesso!
Bjs

Ricardo Madruga disse...

Eu fico ouvindo essas músicas do seu blog e lendo a biografia desse cara fico pensando como deveria ser fina a coisa kkkkk
Acho que só a alta sociedade participava de shows assim.

Talita xavier disse...

Oiiiieee
super bacana :)
adoreeei ...

http://thaa03.blogspot.com/

Talita xavier disse...

áà to seguindoo se pudeer me segueee tbm?

http://thaa03.blogspot.com/

Ravi Barros disse...

aiai... pq tudo que é clássico é tão bom?
Queria que os 'artistas' de hoje tivessem metade do talento que o pessoal mencionado aqui tem...
tenho uma sugestão, vc poderia fazer uma serie de classicos brasileiros mais atuais, tipo Renato Russo! ia ser mara!

=)

Júnior Ahzura disse...

Esse som que faz bem aos meus ouvidos. Third Stream (tomara que tenha acertado a escrita) foi uma inovação e tanto, com a ousadia do Jazz e a classe da música clássica só tornou os dois movimentos melhor ainda.

Conheci o Artie(por nome) através da literatura. Adoro entrar no All Classics, para saber de tudo que mais bombou no passado!


Arte - Comunicação - Entretenimento - http://www.junatchos.com

Blog Zumbisco disse...

ae, legal o blog. Tem gente aqui que só meu pai sabe quem é.

Júnior Ahzura disse...

Fico prestigiadíssimo com seu comentário!

Quem sabe em alguma sessão nos esbarremos?!

Arte - Comunicação - Entretenimento - http://www.junatchos.com

Izinha disse...

Parabéns pelo blog! Muito bonitinho...
Mas confesso que a música que assustou um pouco quando entrou!!!

Tudo de bom!

Leonardo disse...

Olha, pra mim é novidade o nome Raymond Hitchcock. Mas eu nunca ouvi falar de algum parente do Hitchcock que tivesse carreira no cinema, então não creio que tenha alguma relação com Alfred Hitchcock. Mas quem sabe, pode ser que seja e eu não saiba.

@jooy3 disse...

Esse teve uma vida repleta de sucessos.
Já começou bem a sua carreira. *-*
Mas infelizmente morreu devido sua doença né.
Poxa casar 8 vezes não é facil. IUSHASAHSIAUHSAI
Qndo eu acho que eu já havia visto de tudo né :P
Passa? http://jooymartins.blogspot.com/
Beijoos ;*

Aline disse...

Recomendei o seu blog no meu post de hoje.. .ADOREI


www.ofabulosovestir.blogspot.com

Camila França disse...

Mesmo com diabetes ele chegou até os 94... foi um guerreiro.
Tenho um amigo que toca Clarinete e, confesso que sempre que me falam desse instrumento lembro do Lula Molusco. ^^

Beijão!

Danilo Caruba disse...

Isso sim é uma vida movimentada que da um belo filme '-' E jazz é uma arte que deveria ser mais apreciada, muito bom.

http://danilocaruba.blogspot.com/

Laércio Cunha disse...

Parabéns! Nota 10 seu blog, me interessei bastante. O design támuito bacana. E também estava faltando um blog que abrangesse as estrelas da era do cinema mudo e preto e branco, quando a techinicolor parecia uma realidade muito mas muito distante. Obrigado por seguir e comentar em meu blog, espero trocarmos idéias mais vezes.

http://thecinefileblog.blogspot.com/

abraços!

BRUNO SANTIS disse...

bacana o blog, original

Tepe disse...

PQP cara na boa ando vendo muitos blogs ultimamente e sem duvida o seu foi o mais criativo, e é legal essa ideia de fazer uma homenagem para as lendas da musica e cinema

achei meu blog ruim até kkk
http://universo-alpha.blogspot.com/

@qFernando disse...

O pessoal dessa época sempre se alistava pra ir pra guerra né? tipo tocar no campo de concentração devia ser uma coisa super tensa, haja profissionalismo hein... Não sou muito fã de instrumentos de sopro, mas gosto de algumas coisas de ska, e com certeza ele deve ter influenciado muita gnt nova... belo post!

Stephanie C. de Mello disse...

Não gosto muito de clarinete, mas gosto do ritmo de percursão. Me parece Fox trot não sei.. :]

Rafael Araujo disse...

Retribuindo...
Ótima Postagem
Belo Blog
Sucesso
http://baixarelando.blogspot.com

Haylla disse...

~ Um luxo totaL'

'xero' bem grande e ótima quinta.
Twitter.: @loja_zart

OzMose - TClassic disse...

Acheeeeeeiiiiiiiii!

Vou assistir o documentário hehehehe

TClassic
www.ozmosecerebral.com.br

Barbara Nonato disse...

Casado oito vezes?! O.O

Não conhecia a trajetória dele, mas minha mãe sempre comenta que minha avó gostava muito de sua música. Pra mim foi bom aprender um pouco mais... E isso sempre acontece no teu blog! Aqui a cultura jorra!... - rsrs

Até!

Drikasanttos disse...

Um dos pioneiros no estilo Third Stream, que mistura jazz e música clássica. Eu não sabia dessa informação, mais uma vez aprendendo com suas postagens, e olha que escuto muito jazz, enfim gostaria de um dia ver um post seu sobre o filme "La Bamba" combina muito com seu blog, Bjs e parabéns mais uma vez!!

OzMose - TClassic disse...

To baixando, vamos ver se a imagem está boa.

TClassic
www.ozmosecerebral.com.br

Filipe Dias disse...

esse esta se tormando um de meus blogs favoritos. esse layout é legal demais

Karla Hack dos Santos disse...

Não conhecia...
Pelo menos não tenho lembrança
Mas, achei bem interessante!

;D

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top