quarta-feira, 8 de junho de 2011

Lotte Lenya

Nascida Karoline Wilhelmine Charlotte Blamauer no dia 18 de outubro de 1898, ficou conhecida pelo nome artístico Lotte Lenya. Cantora e atriz austríca, foi um dos grandes nomes da época, destacando-se na música clássica.

Aos 16 anos, mudou-se para Zurique para estudar, e devido ao seu talento para atuar, conseguiu seu primeiro emprego no Zürich Schauspielhaus, considerado por muitos, um dos teatros mais importantes da Alemanha. Na década de 20, conheceu o compositor Kurt Weill, com o qual casou-se alguns anos depois. Convidada pelo diretor, Jenny Divers a fazer parte do musical Die Dreigroschenoper (A Ópera dos Três Vinténs), aceitou o convite e estreou no cinema em 1931.

Com o apogeu do nazismo na Alemanha, Lotte Lenya viu-se obrigada a viajar para Paris sem seu marido. Na França, conseguiu o papel principal no balé cantado, "Les setembro capitaux Péchés" (Os Sete Pecados Capitais) e impressionou o público presente com sua voz. Entre as décadas de 30 e 40, morando nos EUA, fez diversas apresentações nos palcos e principalmente no rádio, tendo importante participação no Voice of America. Em 1956 recebeu o Tony Award, por sua magnífica atuação em A Ópera dos Três Vinténs. Lotte conheceu Louis Armstrong num estúdio, durante as gravações da música Mack the Knife e encantou o músico.

Respeitada e admirada por muitos, foi chamada a fazer parte de dois grandes filmes: "The Roman Spring of Mrs. Stone", o qual lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atirz Coadjuvante, e "From Russia with Love", interpretando a vilã Rosa Klebb ao lado de Sean Connery. Em 1981, após uma longa e cansativa batalha contra o câncer, faleceu aos 83 anos de idade, e embora tenha casado quatro vezes, foi enterrada ao lado de seu primeiro marido, o compositor Kurt Weill.

28 comentários:

Vitoria L disse...

fico tão adirada com suas postagens *-*

leandroaleixo disse...

FGosteii!!
Interessante pacas!!
Foi entereadda do lado do primeiro marido,tendo sido casado com 4..vlwlwlwlw

OzMose - TClassic disse...

Mas esse Blog é uma enciclopédia de época hehehe!

TClassic
www.ozmosecerebral.com.br

Flávia Scáfura disse...

Como sempre, sua postagem foi maravilhosa! Interessante, clara e muito gostosa de ler.

Seu blog é um charme, parabéns!

Californiah disse...

Adorei o seu blog, principalmente por ser muito difícil encontrar blogs que falem sobre mulheres como Lenya, que tem uma história magnífica!

se puder retribuir, agradeço:*
http://www.californiahentrelinhas.blogspot.com/

Mário Machado disse...

Da Rússia com amor.. e linda!

Eduarda Moura Melo disse...

oieeeeeee....

ótimo!!!!

Tenho ma proposta para fazer p vc.... ;)

Li Pizzicato disse...

E a vontade de ser austríaca? Chik demais!

Adn disse...

Muita classe! :)

Blog UaiMeu! disse...

Ela tem cara de revoluncionária para sua época! kkkkkkkkk
Muito bonita! Artistas dessa época eram completos!
Sucesso Rubi!
Abraços
http://uaimeu10.blogspot.com/

hrdoblush disse...

com sempre ahazando nas biografias..
lindo ake

http://www.hrdoblush.com/

PALHAÇO disse...

historia contada como poucos!

Leonardo disse...

Não a conhecia tambem. Interessante esses artistas que são bons em mais de uma atividade, como musica e cinema. A música que está tocando é muito boa...

Pamela Kenne disse...

Linda a terceira foto... eu ao mesmo tempo invejo e admiro pessoas que tem talento para música clássica, é, musicalmente falando, a forma de arte mais intensa e completa.
O nazismo, em sua época, sempre afetando as pessoas de alguma forma, inclusive os grandes artistas.
Não entendi por que é que ela foi enterrada junto ao primeiro marido, e o último? rs

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Nossaaa...amei conhecer ela, que mulher, nós mulheres estamos perdendo a feminilidade...essas sim eram mulheres com M maiúsculo!! Bjsss

Eduarda Moura Melo disse...

Rubi,

Muito legal. O site muito bem estruturado, com vídeos feitos pelos consumidores "mirins", já são 19,027 "agentes" nome dado aos participantes e 1. 104.735 embalagens recicladas. Adorei!!! Eu não conhecia o site.

Depois convide os seus seguidores a registrar tbm... Abraço!!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Lembro dela em O SATÂNICO DR. NO e EM ROMA NA PRIMAVERA. Muito expressiva. Rouba a cena.

O Falcão Maltês

Barbara Nonato disse...

O nazismo alterou muitas vidas, mas não conseguiu destruir o meio artístico e sucessos puderam prevalecer.

Ela tinha o olhar triste e misterioso ao mesmo tempo... Curioso isso!

Jan disse...

Essa mulher é fantástica. Simplesmente espetacualar e com uma história brilhante.

Camila França disse...

Foi uma grande mulher.
E mais que foi vítima do câncer.
Já falei aqui, mas me surpreendo bastante com a quantidade de artistas que falecem devido ao Câncer.

Beijão!!

Filipe Dias disse...

Essa eu gestei bastante.

M!sunderstood disse...

Lindíssima e talentosa...

ótimo post.

*-*

Dona Ana Magos disse...

Cada vez que venho aqui saio mais culta.. risos

the company of rock disse...

esse blog parece um wikipédia de antigamente eheheh

muito legal seu blog.

Andre disse...

"All classics!" é cultura...
Estou aprendendo bastante com este blog!!!

Júnior Ahzura disse...

Além de talentosa tinha era linda!

Fiquei impressionado com a ultima imagem!
Saudades de passar por aqui! Também tanta correria...

As novidades no Ahzura's Blog estão bombando!

Ahzura's Blog

Anjo Noturno disse...

Só podia ser librana rs... Porque não associar a imagem dela a uma nórdica tbm, que tanta diferença tem uma austriaca de uma alemã, nunca aceitei o nazismo, menos ainda o racismo.
;)
Bjs

Alex Monteiro disse...

Ah Rubi...
Teu Blog é tão Perfeito'
*__*
http://cantinhocomtudo.blogspot.com/

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top