quinta-feira, 14 de julho de 2011

Enrico Caruso

Enrico Caruso nasceu no dia 25 de fevereiro de 1873 em Nápoles, Itália. Considerado por Luciano Pavarotti o maior intérprete de música erudita de todos os tempos, fez sucesso tanto na Europa, quanto nas Américas, gravando pouco mais de 290 canções. Iniciou sua carreira aos 16 anos, tendo aulas de canto com Guglielmo Vergine. Terceiro de sete filhos e um dos três sobreviventes, seu pai era mecânico , e incentivou Enri a seguir os mesmos passos, o qual inclusive, chegou a trabalhar ajudando o pai em pequenos serviços. Após algum tempo, seguindo os conselhos de sua mãe, passou a frequentar a escola para tornar-se sacerdote local. Durante este período, escreveu suas primeiras canções e foi convidado a fazer parte do coro da igreja. Com a morte da mãe em 1888, viu-se obrigado a abandonar os estudos para trabalhar. Aos 18 anos,cantava pelas ruas e realizava saraus. Fazendo disso seu primeiro emprego, Enrico Caruso recebia a quantia suficiente para sobreviver e ajudar sua família.

(Na foto ao lado: Bruno Zirato, Dorothy Caruso, Enrico Caruso e Mrs. J. S. Keith) Estreou em 1895 no Teatro Nuovo, Nápoles. A partir daí, foram muitas as apresentações, nos teatros mais renomados do mundo. Porém, foi em 1900 que ele fez uma de suas apresentações mais importantes no Teatro La Scala. Ao lado de grandes figuras da ópera, tais como, Francesco Tamagno e Giuseppe Borgatti realizou um concerto inesquecível, novamente no Teatro La Scala. Um mês depois, foi contratado pela Gramophone & Typewriter Company para realizar suas primeiras gravações acústicas.Isso, contribuiu para que Caruso viajasse a Nova York e assinasse contrato com a Metropolitan Opera em 1903. Sua estreia foi no dia 23 de dezembro do mesmo ano, ao lado de Marcella Sembrich. Com a Segunda Guerra Mundial, Caruso realizou trabalhos voluntários para arrecadar fundos as vítimas da Guerra.

Pouco tempo depois, casou-se com Dorothy Parque e teve uma filha, vale ressaltar que ele já tinha 4 filhos com Ada Giachetti, destes, apenas dois sobreviveram. Fumante, deu entrada no hospital diagnosticado com pleurisia e empiema. No dia 2 de agosto, de 1921, aos 48 anos de idade, faleceu vítima de peritonite. Seus corpo foi embalsamado, e encontra se em Del Piando Cemetery. Cantor premiado e respeitado, foi homenageado até após a morte, dentre os filmes que foram feitos baseados em sua vida, destaco O Grande Caruso (The Great Caruso), de 1951, com o cantor lírico Mario Lanza como protagonista; já na parte musical, destaco a canção Caruso, de Lucio Dalla (1986). Aos interessados, deixo aqui o site oficial que contém, além da biografia, imagens e canções deste grande intérprete da música erudita.

28 comentários:

leandroaleixo disse...

Que isso...Considerado pelo Pavarotti,entao ele e o cara .rsrsrsrs
showw..vlwwwww!

nyle_eternity disse...

Nossa que legal a proposta do blog! Vou seguir!
E claro, ler mais.
Visita o meu quando puder.
www.elazeppelin.blogspot.com
beijos.

jhon08 disse...

você sempre escrevendo bem e falando sobre essas pessoas maravilhosas aee ja to seguindo XD abraço

jhon08 do day n night

Blog UaiMeu! disse...

Legal saber que ele era amigo do Pavarotti e que um considerava muito o outro! Eu acho lindo música clássica!
Bjs
Renata
http://uaimeu10.blogspot.com/

Flávia Scáfura disse...

Que história incrível! Me deu vontade de pesquisar mais sobre ele...

Parabéns! Seus posts como sempre, são impecáveis!

Duo Postal disse...

Sinceramente eu não conhecia esse ilustre cidadão italiano. Achei sua história fascinante.

http://duo-postal.blogspot.com

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Só conhecia de nome, de filmes sobre a máfia. Tem um deles, não consigo lembrar qual (nem se é sério ou comédia), em q o italianão gosta tanto do Caruso que faz todo mundo q está na casa (inclusive nas reuniões com outros capos) ficar quieto pra ouvir aquela ópera do Rire Pagliacci...

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Amei... faz niver no mesmo dia que eu... finalmente alguém que tem talento que eu conheço que faz niver na mesma data que eu... nossa!!
Rsrsrsrsrsrs... amei o Post anterior tbm, andei ouvindo suas musicas aqui, eu deixo carregar e vou ouvindo enquanto leio... otimas musicas, eu sou muito universal... adoro tudo o que é bom!!
Bj bj bj ^.^♥

Láh/ disse...

Voltei. =)

Convenhamos, se vc tivesse escrito só a parte do "Considerado por Luciano Pavarotti o maior intérprete de música erudita de todos os tempos" já seria o ideal.
Afinal, Pavarotti era Pavarotti né?.. E se ele falou é porque o cara não era pouca coisa. :)

Não ouço muita música erudita, mas por coincidência hoje quando cheguei do estágio meu pai estava vendo Os Três Tenores. Placido, Pavarotti e José Carreras.
Vi algumas música e me arrepiei.
Eu sempre fico pensando..como eles conseguem? =P

E omg.. estava lendo os comentários e vi que uma pessoa escreveu que achou legal que o Pavarotti e o Enrico eram amigos?.. Olha.. até eu que sou leiga sei que quando ele morreu, o Pavarotti nem pensava em nascer. haha

Tsu disse...

Oi Rubi!

Esse homem é um ícone1 Não me surpreende que o Pavarotti o admirasse tanto e se tratando do Pavarotti admirar o cara era bom mesmo! Sem contar que o talento dele foi imortalizado por obras dedicadas á sua pessoa. Mito legal e merecido.

Ah eu sempre assisti filmes de tudo quanto é tipo..mas filmes clássicos mesmo em P/B eu fui assistir só quando estava adulta...exceto pelos Três Patetas, que conhecia desde pequenininha!

Olha eu fiz o artigo sobre 3D mas nunca assisti e na verdade sei que não estou perdendo nada. Eu gosto de filmes que tenham conteúdo no quesito roteiro e até agora no 3D não vi isso. Claro que alguns filmes de hoje como o Piratas do Caribe tem os efeitos, mas a boa história e boa atuação vem desde o primeiro quando ainda não havia. Acho um estorvo fazerem filmes de ficção ou épicos e jorarrrem efeitos 3D, só pra atrair o público que vai ao cinema para se divertir. Cinema não é só diversão, é arte. Tudo bem usar o 3D pra uma ou outra coisa mas tem filme que foi criado com o único propósito de jorrar efeitos e mostrar "olha o ue dá pra fazer". Avatar é o melhor exemplo.

Concordo que essa onda 3D agrada o público jovem mas mesmo assim só uma parcela. Tem muita gente jovem que já não gosta..quem curte cinema prefere não ver em 3D. Para mim o 3D é mais um marketing que estão colocando á força no povo para ser absorvido. Tem filme que não precisa e eles inserem cenas nada á ver só para colocar. Uma pena que filmes que tinham tudo para ser legais (como alguns de super heróis) ficam chatos por conta desses efeitos.
O que me conforta éque ainda existe filmes muito bons que dispensam esses efeitos.E são exatamente esses filmes que ganham os melhores prêmios da academia.

Você não tem banner? Bom eu posso pegar teu link antes..ou vc faz um banner pequeno que já é válido!
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Érika disse...

Muito interessante mesmo!
parabéns
bjbj anjo
http://viceveersa.blogspot.com/

Vinícius disse...

Mario Lanza é phodástico, foi um dos melhores cantos líricos.

Glal disse...

Caruso eu também conhecia,mas algumas coisas da biografia eu não sabia!
http://juventudeinformada.blogspot.com/

Pamela Kenne disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pamela Kenne disse...

Muito legal a história dele. Gente com real talento sempre me encanta, vou parar para olhar um filme dele. Bom, Pavarotti admirava-o, isso quer dizer que ele devia ser realmente fora de série.
Eu li o que você escreveu sobre o cinema 3D ali em cima, eu concordo com o que disse, inclusive falava sobre isso (exatamente isso) com o pessoal aqui em casa ontem.

Ótimo texto.

Karla Hack dos Santos disse...

Meu avó costuma escutar ele...
Então tenho algumas lembranças de infância... Mas, bem vagas! hehhehe
Ele tem uma história bem interessante.. e a voz belíssima!

;D

Ygor disse...

esse eu não conheço não......

Mas pela história foi um grande cantor.

hrdoblush disse...

sempre lindo aqui.
e eu sempre conhecendo pessoas que não conheço..

bjoos

http://www.hrdoblush.com/

Anônimo disse...

Muito bacana esse especial Rubi, não conhecia esse cantos ainda.
Qual será próximo? rs

Beijão

Paty

Anônimo disse...

cantor

Júnior Ahzura disse...

Ele parece ser bem excêntrico pela ultima foto!
E que voz maravilhosa hein?!

Ahzura's Blog

Janaina Stachi Boracini disse...

Eu realmente adoro este blog. Além de achar a proposta dele super interessante e adorar ler o que você posta, o seu layout é lindo! Haha. Eu tentei colocá-lo há algumas semanas no meu, porém não obtive sucesso, e como esse layout não combina taaanto com meus textos, deixei pra lá.
Bom, vou te linkar e te seguir no meu blog. Espero voltar para cá mais vezes, sempre que for possível.

Parabéns, e abraços!

http://semdorsemvitoria.blogspot.com

@jooy3 disse...

Eu acho super lindo música erudita :)
Olha só, o Pavarotti , bela dupla hein!
Passa lá? http://jooymartins.blogspot.com/
Beijoos

Leonardo disse...

1873, foi buscar longe agora em? :D
Eu o conhecia por nome apenas...Nem vou comentar sobre a qualidade dele...se o Pavarotti disse que é o melhor de todos, quem sou eu pra dizer qualquer coisa ^^
Certamente ele foi uma enorme influência para todos os cantores de música erudita do século XX

Alice Oliveira disse...

"Considerado pelo Pavarotti,entao ele e o cara .rsrsrsrs" doi exatamente o que eu pensei quando li!! hehe

http://rebucomcafe.blogspot.com

beijinhos

Alice Oliveira disse...

*foi

Anônimo disse...

Alice tirou as palavras da minha boca kkkk

MARCO disse...

como eu estou devendo

bom.... esse não conhecia

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top