sexta-feira, 8 de julho de 2011

Nosferatu - Elenco

Nascido Isidor Gesang no dia 15 de junho de 1881 na Áustria, ficou conhecido pelo nome artístico John Gottowt. Ator e produtor cinematográfico, foi considerado um dos grandes nomes do cinema e teatro da época, principalmente para o expressionismo alemão. Em 1905, iniciou sua carreira trabalhando para Max Reinhardt no Deutsches Theater, Berlim. Posteriormente, mostrou seu talento como diretor nos mais diversos teatros da Alemanha. John estreou no cinema 8 anos depois no clássico de horror Der Student von Prag, porém foi na década de 20 que sua carreira decolou. Começou por "Robert Wiene 's Genuine", interpretando o protagonista e logo em seguida, o Professor Bulwer em Nosferatu. Judeu desde pequeno, jamais poderia imaginar que seria perseguido pela Alemanha Nazista. Impedido de atuar, passou grande parte da sua vida mudando-se de um país a outro até que infelizmente, no dia 29 de agosto de 1942, foi assassinado pela SS (Schutzstaffel, organização ligada ao partido nazista).

Ruth Landshoff nasceu no dia 7 de janeiro de 1904 em Berlim; atriz e escritora, nasceu na burguesia judaica. Sobrinha do famoso editor Samuel Fischer, o qual lhe inspirou muito, Ruth estudou numa escola de teatro até ser chamada para atuar em Nosferatu. Durante a década de 30, 40 e 50 dedicou-se a carreira de escritora vindo a lançar pouco mais de 10 livros. Nos últimos anos de sua vida, mudou-se para os EUA trabalhando nas seguintes áreas: jornalismo,tradução e dramaturgia. Faleceu no dia 19 de janeiro de 1966.

Karl Etlinger nasceu no dia 16 de outubro de 1879 em Viena, Áustria. Ator, destacou-se no cinema alemão, tendo aparecido em pouco mais de 100 filmes entre as décadas de 10 e 40. Estreou em 1914 no filme Die Bekehrung des Dr. Wundt. Porém, seus trabalhos mais memoráveis foram em: Nosferatu, Phantom, Gräfin Donelli, Skandal um Eva e seu último trabalho, em 1950, Erzieherin gesucht.



Nascida Franziska Ott em 1877, ficou conhecida pelo nome artístico Fanny Schreck ou Fanny Schreck-Normann. Atriz alemã, foi casada com um dos vampiros mais famosos de todos os tempos, o Conde Orlok (Max Schreck). Embora seu nome não tenha aparecido nos créditos, Fanny foi a enfermeira no clássico, juntamente com seu marido em Nosferatu (1922) Pouco se sabe sobre sua vida, ou carreira. Faleceu no dia 11 de dezembro de 1951 aos 74 anos de idade na Alemanha.

Outros atores: Alexander Granach, Georg H. Schnell, Gustav Botz, Max Nemetz, Wolfgang Heinz, Heinrich Witte, Guido Herzfeld e Hardy von Francois

24 comentários:

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Uau... icones do cinema mundial... adorei... imagine só como eles atuavam naquele tempo... realmente adorei conhece-los.
Beijoooooos
Seu Blog continua me surpreendendo!!!
=)

Ygor disse...

Um gande filme!

Com grandes estrelas!

Blog UaiMeu! disse...

Imagino a dificuldade dos atores judeus nessa época mas a arte tá no sangue comprovadamente pq apesar de todas as dificuldades esses caras conseguiram ainda lutar e fazer o que gostavam.
Rubi preparamos aquele post durante muito tempo ,fiz até o video acho que ficou legalzinho kkkk que bom que vc gostou vc é expert nesse assunto
abraço Ricardo

Raquel S. Ramos disse...

Own, o tema agora é nosferatu, você sempre fala de filmes que eu quero ver rs, muito bom o trabalho que você faz aqui no blog, outro dia vou passar por aqui pra fazer uma lista de filmes clássicos pra ver nas férias.

Lele Fernandes disse...

Ai, todos eles eram grandes artistas! E a Ruth tinha cara de diva!
Amei o post e amo o blog de paixão!

http://estilooque.blogspot.com/

Tsu disse...

Oi Rubi!
Caramba, eu pensei em repostar aquele artigo do Tropa e voc~e o encontrou antes rs. BNossa, mesmo o filme sendo atual eu recomendo que veja. Sei que se tornou super pop e coisa e tal mas é realmente um filme bacana especialmente nas piadas de humor negro (bom, eu considero humor negro).
Uma coisa que gostei muito no Tropa foi que pela primeira vez (depois de Cidade de Deus e variantes0 fizeram um filme em que não romantiza o criminoso. Depois do filme e com a repercurssão grande parcela do público ficou do lado da polícia. Lembro que quando fui no cinema ver o 2 as pessoas da platéia vibravam quando os bandidos eram pegos.
Poxa fico no aguardo do post sobre Confissões de Adolescente..fex o passado de muita gente...os clássicos da cultura são incomparáveis..eu fiz um artigo sobre Animais do Bosque dos Vinténs que era minha paixão.

Agora sobre esse seu post..tem razão, gostei muito de saber sobre a vida desses atores, judeus que se registraram no cinema alemão durante o período nazista...bom, pelo menos todos conm excessã odo primeiro conseguiram viver para presenciar a queda do império hitlerista.

bjs
http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Carola disse...

Nosferatu é incrível e não é só pq sou fã de filmes do estilo não. É bom mesmo ! Adorei o post

beijos

Ygor disse...

Adoro filmes de terror, esse filme é um grande clássico!!

leandroaleixo disse...

Muito show...Gostei deste post..falou mais coisas sobre as pessoas,mais pessoas quero dizer....ficou mais light...gostie.vlwlwlw!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

NOSFERATU merece todas as homenagens. É uma obra-p´rima.

O Falcão Maltês

Stephanie C. de Mello disse...

Caraaaaaa que perfeito!!!
ADORO! mto bom!!!

Pamela Kenne disse...

Nosferatu, meu deus! Que clássico! Ótimo ler sobre ele aqui, grande obra, de uma grande geração fantástica, junto com o Drácula de Bram Stoker.
Eu queria ser da época que os vampiros eram retratados como vampiros, e eram incrívelmente fascinantes.

Novamente, ótimo texto!

Lost Dog in Space disse...

Clássico!
Um filme incrível embora eu não goste tanto do estilo :)
Bom post, uma dose de cultura é sempre bom!

Macaco Pipi disse...

cara
esse pessoal da época é incrível!

Any Brasil disse...

adoro conehcer esses ícones
trendluxo.blogspot.com

Guilherme Prado Souza disse...

Oi Rubi, finalmente de férias. Período complicado esse viu? Pelo jeito o blog aqui está fervilhando mais do que nunca, tanto em comentários quanto em postagens. Bom, ainda não vi esse filme, mas com essa "indicação" vou assistir. Se vc quiser e puder, deixe seu msn ou e-mail no meu blog para que possamos nos comunicar de outras formas.
Abraços!

Limbo Social - www.limbosocial.blogspot.com

Urbano disse...

Rubi, pra minha vergonha, ainda não assiti Nosferatu. Está na minha lista junto com Metrópoles e Dr. Caligari. Sei de uma versão/homenagem interessante pelo que li com William Dafoe. Mas só vou assistir depois de ver a original.

Abs!

Lina Savle disse...

Você não tem ideia da nostalgia que fui acometida ao ler teu post... kkkkkk


Filme foda, td mundo deveria ter em casa... kkkk

Anônimo disse...

Muito bacana esse especial do Nosferatu Rubi e que fim triste teve o primeiro cara né ?

Beijão

Paty.

Anônimo disse...

Ahhh quero aproveitar e pedir um post do Grease. Adoro esse filme rs

J.R. disse...

Nossa, só gente boa!! Isso que é um elenco de verdade!! Não é uma "Malhação" da via!!!! :)

Mayara disse...

Muitooo bom seu blog!!De caráter informativo. Adorei

Abraços

Anônimo disse...

Nao sei se tu costuma ler os comentarios de outros posts por isso comentei neste. Teu blog é massa. Já faz um tempinho que tô por aqui rs, grandes músicos grandes filmes, grandes atores, parabéns pelo teu trabalho cara.

topa parceria?

Karla Hack dos Santos disse...

O mais estranho para mim ver o elenco de Nosferatu é que de alguma forma eles são aqueles personagens.. não consigo imaginar que eles eram atores além do filme!! hehehehhe

;P

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top