segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Sophie Tucker


Nascida Sonya Kalish em 13 de janeiro de 1886, Sophie Tucker consagrou-se na década de 20, desempenhando seu papel tanto como cantora, quanto como atriz. Ucraniana e filha de judeus, mudou-se para os EUA quando ainda era um bebê. Seus pais, abriram um restaurante, e a partir daí Sophie iniciou sua carreira, apresentando-se no próprio estabelecimento dos pais. Aos 17 anos de idade, casou-se com Louis Tucker e teve um filho, chamado Bert.Posteriormente, aprendeu a tocar piano e isso fez com que ela fosse convidada a fazer parte de algumas peças de teatro. Apesar das críticas, devido ao seu peso e aparência; teve grande importância no estilo burlesco. Influenciada pela cultura africana, contratou diversos músicos e compositores para que trabalhassem junto a ela. Em 1909 fez sua primeira aparição no Ziegfeld Follies, porém, devido a a quantidade de mulheres que se apresentavam no local, Sophie viu-se obrigada a abandona-lo, apesar de já ser considerada popular.

Embora Sophie tenha gravado "Some of These Days" e marcado sua estreia no teatro em Louisiana Lou em 1911, foi a partir de 1920 que ela alcançou o auge de sua carreira. Na década de 20, com o apoio do pianista e compositor Ted Shapiro e dos artistas, Mamie Smith e Ethel Wathers, gravou e regravou uma série de canções que viraram hit na época. Em 1925 com o lançamento de My Yiddishe Momme e sua estreia no cinema, com o filme Honky Tonk foi apelidada "The Last of the Red Hot Mamas", tanto pela sua ousadia nos filmes, quanto nas suas composições, que segundo alguns, não seguia a mesma linha das outras artistas da época. A atuação de Sophie impressionou tanto, que em 1938 foi convidada a fazer parte do elenco no clássico "The Broadway Melody", interpretando a mãe de Judy Garland. Neste mesmo período, em parceria com The Andrews Sisters , The Radio Hall of Fame , e Ben Bernie, The Old Maestro, ganhou um programa no rádio com duração de 15 minutos.

Presidente da American Federation of Actors, encerrou sua carreira no cinema com o filme The Joker Is Wild em 1957 e dedicou-se apenas a televisão, com participações especiais nos mais diversos programas. Após uma longa batalha contra o câncer de pulmão, não resistiu e veio a falecer no dia 9 de fevereiro de 1966, aos 80 anos de idade. Aos interessados, deixou aqui o site oficial de Sophie Tucker.

27 comentários:

Fernando Marques disse...

Querida, amei saber sobre esta estrela! é uma grande pena perdermos estrelas ainda por conta desta doença! mesmo em preto e branco pude observar que ela tinha um bom gosto extremo!

amei o post!

http://wwwmaismoda.blogspot.com

beijos e abraços!

Wanessa Carvalho :) disse...

nunca tinha ouvido fala nessa mulher !
e por sorte fikei sabendo sobre a história dela pelo seu blog !
Parabéns pelo post :]

estou seguindo...

segue ? http://www.wanessacarvalhoem.blogspot.com/

um beijo e boa semana :D

Gavriel disse...

Minha biza gostava dela porq tb era urcraniana , legal!!
eu nem lembrava mais!

lollyoliver disse...

Caramba Rubi, que saudade dos teus textos, perfeitos por sinal! Adorei o post.. Sério! Beijos, e volto logo!
Espero retribuição:
http://lollyoliver.wordpress.com/

Felipe Aldemir disse...

Coroa engraçada, devia ter postado umas fotos dela na juventude, Gostei dela.. Muito bom o blog.. nunca deixo de dizer isso!

Joao Negro disse...

MUITO BOM!

leandroaleixo disse...

Opa..esta era versátil...parece muito boa..parabens!
alem de linda!

hrdoblush disse...

lindo como sempre akii
parabéeeens

http://www.hrdoblush.com/

Anderson disse...

Belo Blog
lifetecno2011.blogspot.com

Filipe Dias disse...

Mais uma nova artist para minha lisra de conhecidas e download.

valeu Rubi

http://umcontoemeio.blogspot.com/

Lele Fernandes disse...

Ai, dá um apertinho no coração em pensar que perdemos tantos artistas bons, né? Não se fazem mais artistas como antigamente!

http://estilooque.blogspot.com/

@jooy3 disse...

Eu já imaginava que iria gostar do gif hahaha Muito bom.
Nossa se casou com 17 anos? :O Muito novinha.
Passa lá? http://jooymartins.blogspot.com/
Beijos

Tsu disse...

Oi Rubi!
Essa foi uma grande estrela...deixou um legado!

Então sobre as fanfics do meu blog, sim, todas as fanfics postadas são escritas por mim =D. Ah que bom que você está curtindo a Caos no Velório! Eu baseei num filme mas inseri os personagens de Naruto e alterei algumas coisas. Como a história é alternativa e não tem cronologia com a série, não é dificil as pessoas seguirem..mas se qusier saber um pouco sobre os personagens ou mesmo ver a aparência deles é só dar uma pesquisada na net por Personagens de Naruto.
Olha sabia que você deu uma super idéia para os otakus? Seria legal ter uma espécie de revista sobre cosplays..vejo pela web muita gente pedindo dicas de como fazer as roupas, onde conseguir isso e aquilo e gente ensinando e tal...o povo é bem legal e compreensivo.
Menina, eu acho que precisamos logo marcar um rolê em SP! Topas? Se quiser depois podemos trocar telefone pelo msn!
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Only Myself disse...

Mais uma deusa que eu nem sonhava que existiu,parabéns Rubi querida seu blog sempre nos apresenta coisas que realmente valem à pena.
Beijinhos

Kuki Bertolini disse...

Oi,Rubi!!!Curti muito tua postagem que está perfeita como sempre!!Matou a saudade do A Morte Cansada?!?!Fico te devendo a postagem do clássico dos anos 20 que prometi pra essa semana,mas até o fim do mês,postarei!!!Espero que tenha dado tudo certo ao baixar o link que mandei!!!Grande abraço,garota!!Teu blog tá cada dia mais lindo,uma obra de arte!! =D
http://thecinefileblog.blogspot.com/

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Uau que mulher... mesmo naquele tempo a aparência ja importava, isso é u Ó... mais o talento dela falou mais alto e foi graças á ele que ela fez o sucesso que merecia, amei o post, ela lembra minha vozinha postiça... rsrsrsrs...♥
Rubi perdão pelo sumiço, é que vai chegando fim de semana, as coisas começa a ficar complicada, aí chega segunda e é dia de muvuca!! rsrsrsrsrs... e eu gosto de vir aqui, ler ouvir as musicas e comentar com gosto, não quero chegar aqui dá uma lidinha e sair fora... eu adoro ouvir as musicas... rsrsrsrs... Uma boa semana pra vc!! Beijooos =)

Alex Monteiro disse...

Ah, nd veer criticar por causa da aparência ¬¬'
Piano é maravilhoso, lindo msm *-*
Adoro seus post sobre musica Rubi ^^
Espero o seu texto em?
KKKKK'
Abraço ;*

Aline Diedrich disse...

Seu blog é mesmo um resgate da história da música e do cinema...

Bruna Worspite disse...

olá
uma verdadeira diva, achei linda


bjs
http://bruhworspite.blogspot.com/

Portalmemes disse...

Otimo post bastante informativo
Parabéns pelo blog

Victor Lourenço disse...

Esse blog é um eterno aprendizado!!

MARCO disse...

sempre na música e cinema a aparência importou á não ser que que tenham um diferencial.

boa postagen como sempre!

Juliana Cysne disse...

As mulheres dessa época eram tão bonitas, chiques, refinadas. Acho isso lindo! Não conhecia essa mulher não, mas adorei teu post! :D

Joao Negro disse...

EU COMENTEI AQUI ONTEM, MAS SEU BLOG É BOM!

Anônimo disse...

So lovely!

Eliosvaldo Nunes Junior disse...

Obrigado pelo coment no meu blog, fiquei feliz que tenha gostado.
eu adoro o estilo do seu blog tranzendo pra galera de hoje cantores de clássicos eu confesso que conheçi a Ella Frietzgerald (acho que escreve assim)aqui pelo seu blog... e confesso que o único blog com música q eu não vou procurar pra pausar. rs
abraços


http://cenaplanosequencia.blogspot.com/

Daniele Moura disse...

Muito legal o post sobre Tucker, Rubi. Parabéns por ter lembrado desta atriz.
Abraços
Dani

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top