quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tarzan, de Edgar Rice Burroughs

Edgar Rice Burroughs nasceu em 1° de setembro de 1875 na cidade de Chicago, e tornou-se um dos mais célebres escritores de aventura da literatura mundial. Em 1900, mesmo trabalhando em serviços de pouca expressão, casou-se com Emma Hulbert, com a qual teve dois filhos Jane a Hulbert; após passar por vários empregos, Edgar empenhou-se na carreira lietrária escrevendo inicialmente contos de ficção. Sua primeira história publicada foi "Under the Moons of Mars" pela revista All-Story Magazine em 1912. O sucesso alcançado pela edição estimulou Rice que passou a dedicar-se em tempo intregal a sua nova profissão. Nesse mesmo ano, contemplou o mundo com sua maior criação: Tarzan dos Macacos.

(Foto: Elmo e Edgar) O personagem proporcionou a Rice a possibilidade da compra de um grande rancho ao norte de Los Angeles em 1915, o qual batizou como Tarzana; curiosamente a comunidade que cresceu em torno do rancho mais tarde reinvidicou o nome para a nova cidade que nascia no local. Três anos depois, a primeira adaptação de sua obra era levada as telas de cinema no filme Tarzan dos Macacos com o ator Elmo Lincoln. A partir daí, além das outras produções cinematográficas, Rice criou sua própria editora em 1923 e o personagem ganhou espaço nas revistas de histórias em quadrinhos tendo como primeiro desenhista Harold Foster em 1929. A ele seguiram-se monstros consagrados da arte gráfica, com destaque para Burne Hogarth e Russ Manning. Em 1964 Rice ainda nos brindou com a criação do personagem John Carter, curiosamente, os estúdios Disney prestaram merecida homenagem ao grande escritor com a produção de mesmo nome em 2012. Antes disso, o fizeram com a animação Tarzan (1999), entretanto apesar do sucesso alcançado, o personagem difundido pela Disney mostrou-se apenas uma pequena caricatura do original. Após enfrentar muitos problemas cardíacos, Edgar Rice faleceu no dia 19 de março de 1950, aos 74 anos de idade deixando uma extensa obra literária para os fãs do gênero.


Bastidores: Jane e Cheeta
Assim como o personagem Tarzan foi imortalizado por vários atores, Jane Porter marcou a carreira de outras tantas atrizes, com destaque evidente para Maureen O'Sullivan e Brenda Joyce (imagem ao lado) as eternas Jane's de Weissmuller. Além das atrizes: Enid Markey, Karla Schramm, Louise Lorraine, Dorothy Dunbar, Natalie Kingston, Vanessa Brown, Virginia Huston, Dorothy Hart, Joyce MacKenzie, Eve Brent, Joanna Barnes, Bo Derek, Andie MacDowell, Kim Crosby, Lydie Denier, Jane March, Minnie Driver, Olivia D'Abo, Sarah Wayne Callies e Spencer Locke. E não menos importante a divertida macaca Cheeta (que na verdade era um macaco), que foi as telas do cinema entre as décadas de 30 e 40 e na TV nos anos 60. Nascido em 1931, faleceu em 24 de dezembro de 2011 aos 80 anos de idade, apesar de controvérsias.

9 comentários:

disse...

Muito bom conhecer o homem que criou Tarzan e muitas curiosidades sobre a vida dele. Com certeza interpretar Jane foi um ótimo ponto de partida para a carreira de muitas atrizes. E que dizer de Chita? Um verdadeiro ícone do cinema!
Beijos!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Saudades dos quadrinhos de Tarzan...

O Falcão Maltês

Iza disse...

Realmente um gênio. Não sabia que Tarzan havia sido quadrinhos e adorava assistir o filme da Disney quando criança. Também não sabia que ele tinha criado John Carter. Adorei o post!
Beijão <3

Tsu disse...

Oi Rubi!
Como assim você ainda não conhece Nárnia? kkkk. Assista sim, vale á pena. É um filme muito bom e os livros então...é voltado para o público infanto-juvenil, mas se olhar bem verá referências que deixam os adultos encantados. E para atiçar: sabia que o autor, Lewis, e Tolkien foram grandes amigos?
Menina! WEu já sabia dessas informações sobre a exposição do Kubrick, encontrei em um site de notícias...fiquei extasada com as fotos que vi, os objetos que estarão em exposição! *.* Mas a data ainda está em mistério..porém é algo que, mesmo se for um pouco caro, vale á pena ver.
Olha eu acho que deveriámos nos encontrar antes da exposição..porque vai demorar kkkk. Existe intenção de uma galera fazer um encontro blogosférico em dezembro...topa?
bjs

Bruna Worspite disse...

Muito bom poder conhecer a história de vida daquele que criou uma grande obra, Tarzan em suas diversas histórias, é sempre muito especial!


Bjs

Beatriz Alencar disse...

Edgar Rice foi um grande escritor! Não amei o filme John Carter que a Disney fez; Acho que hoje em dia, não tem mais como alguém aceitar uma história sobre uma civilização em marte. Deve ser por isso, que o filme não fez sucesso; Mas enfim, bela homenagem a esse ótimo escritor Rubi! Abraços,

Maxwell Soares disse...

Oi, Rubi. Caramba. Que fôlego você tem. Quanta informação a respeito de, apenas, uma temática. Que rico, Rubi. Fala sério!!! Falar de uma figura, assim, como Tarzan não é uma tarefa fácil. Como você consegue confluir tão bem as ideias. Falar de Edgar Rice Burroughs como você o faz. Que maestria. Que texto e que belas junções. Estive vendo suas postagens anteriores e não imaginava que Christopher Lambert, também, já foi Tarzan e, agora, o mais recente Reinhard Klooss. Muito bom, Rubi. Muito bom mesmo. Parabéns...

Patrícia disse...

Adorei saber toda a historia do Edgar Rice, ele era muito criativo e foi um inovador...ja vi ilustrações de Harold Foster, tudo perfeito. Post nota 1000
Bjs, Rubi

solar da literatura disse...

maravilha saber da vida luiterária do criador de tarzan. eu tomei gosto pela leitura foi justamente lendo gibis do tarzan.
ótimo post.
parabens!

enio

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top