quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Allan Jones

Nascido Theodore Allen Jones no dia 14 de outubro de 1907, Allan Jones foi um cantor e ator, que consagrou-se entre as décadas de 30 e 40 atuando em musicais. Filho de minerador, trabalhou com o pai até 1926, quando foi contemplado com uma bolsa de estudos na Syracuse University, porém, decidiu estudar música na New York University. Antes de estrear no cinema, fez diversas apresentações na Broadway, quando finalmente assinou seu contrato com a MGM. Sua estreia foi em 1935 com os irmãos Marx em A Night at the Opera, considerado por muitos críticos uma de suas passagens mais memoráveis no cinema. Porém, foi ao lado de Irene Dunne no clássico Show Boat, versão de 1936, que mostrou toda sua versatilidade dando um show de interpretação. No mesmo ano, fez uma breve aparição no filme Rose Marie devido a presença de seu rival, Nelson Eddy; por conta das desavenças, muitas das cenas gravadas por Allan Jones foram cortadas.

Em 1940, trabalhando na Paramount e Universal Pictures, realizou seus últimos trabalhos no cinema, tendo como grande destaque o clássico One Night in the Tropics, que marcava a estreia de Abbott e Costello nas telas, encerrando sua a carreira no ano seguinte, com o filme There's Magic in Music. Durante a Guerra realizou trabalhos voluntários e divertiu os soldados com pequenos shows e quando voltou para casa, passou a dedicar-se aos trabalhos na TV. Em 1960, retomou sua carreira vindo a apresentar-se como Dom Quixote em ""Man of La Mancha" e vinte e cinco anos depois lançou um disco e passou seus últimos anos em turnê. Casado por quatro vezes, teve apenas um filho, o cantor Jack Jones, com Irene Harvey. Allan Jones faleceu no dia 27 de junho de 1992, aos 84 anos de idade.

9 comentários:

leandroaleixo disse...

Esse aproveitou bem,estudou,cantou,e muito mais!
alem de que viveu ate 84 anos..deve tter sido bem feliz.vlwlw!

Vanessa Braga disse...

Já conhecia a biografia dele =)Detalhe: Não sabia que ele tinha se casado 4 vezes =X kk

Vota lá LOOK 5 =): http://carolopess.blogspot.com/2011/08/rivalidade-de-looks.html?spref=tw

Claudia Alves disse...

Allan Jones eu realmente não conhecia, não prestigiei nenhum de seus trabalhos. Uma coisa que notei é que a biografia dele é mais estável e linear, sem muitos conflitos, como geralmente acontece com outras figuras famosas.

@jooy3 disse...

Homem bombril = Mil e uma utilidades hahahaha
Passa lá?
http://jooymartins.blogspot.com/
Beijos

♡ Jane dos Anjos ☆ disse...

como é bom vir aqui e conhecer coisas boas e diferentes, seus posts me inspiram ha todo momento... em meio a tanto sofrimento, fico imaginando o que ele passou para divertir os soldados... memoravel, merece ser lembrado!!! Bjjjkkss... ☺

MARCO disse...

já tinha ouvido falar nele

Tsu disse...

Oi Rubi!
Nossa, realmente nao imaginava que você gostava de desenhar! Ainda mais tatuagens? Adoro tatuagens embora ainda não tenha tido a oportunidade de fazer nenhuma. E alguns são desenhos difíceis! Na verdade em teros de tatuagem você deve aprender a desenhar de todos os tipos porque as pessoas irão pedir para tatuar as mais variadas coisas, trazendo imagens de tudo quanto é tipo.
Com relação á escrita, eu gosto muito de escrever artigos, seguido por histórias. Contos eu não consigo porque sempre imagino histórias mais longas, para explorar o enredo mais e mais. E poesia bom...essa eu não sei fazer, confesso. E sim, quando escrevo minhas histórias me é uma terapia e até uma fuga da realidade.
Inventaram muitos pokémon porque a série (principalmente os games) ainda é rentável...dos trocentos novos que fizeram eu só gostei de um ou outro..o ponto interessante e que agora existe o deus pokémon, do qual fizeram até um movie especial. Dependendo da evoluçao eu gostava...adorei quando o Charmander se tornou Charizard por exemplo =)
Opa, Gabinete/ Claro que topo! Para quando é que eu entrego?
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

disse...

Olá Rubi! Tá sumidinha... passei pra ver as novidades e mais um post super interessante! bjos não suma Sá.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Nada sabia sobre ele, além de MAGNÓLIA.
Estou com o DOSSIÊ GRETA GARBO. Apareça! Abração,

O Falcão Maltês

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top