sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Clássicos do Terror

Haxan - Witchcraft Through The Ages (Häxan - A Feitiçaria Através dos Tempos) embora seja um documentário, é indispensável para quem gosta do gênero terror. Escrito e dirigido por Benjamin Christensen em 1922, o filme foi considerado uma das produções mais caras do cinema mudo dos países escandinavos. Proibido em diversos países por conta de algumas cenas fortes, a produção de Benjamin mostra de diversas maneiras, a aparição de bruxas e demônios na cultura medieval. Utilizando de imagens, estátuas, pinturas e uma sequência de vídeos, foi possível passar ao espectador os mais bizarros costumes e rituais que assombravam épocas distantes. Com um elenco grandioso, que também conta com a presença do diretor, este é o tipo de filme/documentário que muitos vão preferir assistir durante o dia.

The Phantom of the Opera (O Fantasma da Ópera - 1925) é uma adaptação do livro de Gaston Leroux, dirigido por Rupert Julian. Visto como um dos maiores clássicos de todos os tempos, a obra ainda é reproduzida tanto para o cinema quanto para o teatro. Estrelado por Lon Chaney e Mary Philbin, o filme conta a história de um Fantasma deformado que assombra uma Casa de Ópera em Paris. Embora o enredo pareça simples, os efeitos, a maquiagem e, principalmente, a expressão dos atores, fazem do filme algo perturbador. Prova do sucesso da obra de Rupert Julian, são as versões mais atuais que, mesmo tendo mais recursos técnicos e cinematográficos, jamais terão tamanha expressividade do clássico de 1925.



The Exorcist (O Exorcista) é considerado um marco entre os filmes de terror produzidos ao longo dos anos. Dirigido por William Friedkin em 1973, o filme estrelado pela jovem atriz Linda Blair levava ao espectador uma história de possessão demoníaca e a luta de um padre para recuperar a sua fé religiosa. Dotado de sequências de extremo pavor, o filme causa espanto e admiração até os dias atuais. O sucesso da produção rendeu outras sequências, que infelizmente não alcançaram o mesmo nível que o primeiro. Lendas de bastidores dão conta de que 8 pessoas da produção morreram misteriosamente durante as gravações, e outra fala de um incêndio sem causa provável no set de filmagens. Para os aficionados do gênero é um filme imperdível.


Poltergeist (Poltergeist - O Fenômeno) foi produzido por Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper em 1982. O filme retrata a história da pequena Carol Anne (Heather O'Rourke) que desaparece misteriosamente dentro de casa após eventos paranormais. Para resgatá-la seus pais contratam o serviço de especialistas que se envolvem numa sequência aterradora de eventos sobrenaturais. Para os milhões de fãs da série Indiana Jones, fica provado que Spielberg além de ser um gênio na produção de aventuras de tirar o fôlego, também demonstra o seu lado genial quando aborda o gênero terror, como provou nas sequências de Poltergeist e Encurralado de 1971.



Encerro assim este período dedicado ao "cult terror". Espero ter disponibilizado aos fãs do gênero momentos de satisfação; e a partir da próxima semana convido-os para uma viagem através do cinema mundial.

13 comentários:

Camila França disse...

Gosto bastante de filme de terror, mas sou uma medrosa nata.
Nunca tive coragem suficiente para assistir O Exorcista.
Achei a arte do 'Poltergeist' incrível e confesso que me dá medo só de olhar pra ela. Filmes com criancinhas é meu fraco.

Beijão!

Rodrigo Mendes disse...

Gosto de todas as fitas que postou.
Excelente Rubi!
Adoro o expressionismo desta versão antiga de O Fantasma Da Ópera. Mais clássico impossível. Acredito fielmente, creio que a maioria tb, que os filmes americanos deste período até mais os anos 40 buscavam inspiração cenográfica e imagética nos filmes alemães. Faltou aqui O Gabinete do Dr. Caligari do Wiene e Nosferatu do Murnau, mas eu tiro o chapéu por vc ter postado Haxan.

Amo!

Abraços

Rodrigo Ferreira disse...

O EXORSITA NUNCA ASSISTIR, MAS O QUE JÁ OUVI FALAR
DEVE SER DEMAIS TERROR PURISSIMO KKK.

ABRAÇO'S

Beatriz Alencar disse...

Todos são otimos, mais o meu predileto é o Fantasma da Opera! ;)

Roberta Vládya disse...

Já conhecia todos, mas amo Fantasma da ópera! Parabéns por continuar com seu blog :)

robertavladya.blogspot.com

Blog UaiMeu! disse...

Oi Rubi

O filme o Exorcista sinceramente tenho medo até hj. Ela virando a cabeça em 360 graus é algo sinistro. Me disseram que nos bastidores do filme aconteceu coisas mto loucas tbm.
Medoooo! Rsrs

Qto ao filme Haxan vou ver pois gostaria de saber como era terror nos anos 20.

Abraços
Renata

Clarissa Vergara disse...

Como sempre, um talento incomensurável!!!!

Parabéns por esse blog maravilhoso, que nos encanta a cada visita!!

Beijãooooooo

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Adoro fitas de terror clássicas, Rubi. Vi todos esses.

O Falcão Maltês

Carla Marinho disse...

Menina, que coisa bacana. Estou também numa vibe de conhecer esses filmes de terror. abraço.
Post indicado nos melhores da semana.

http://blogsdecinemaclassico.blogspot.com/2011/11/links-da-semana-de-7-1311.html

Kiko Lemos disse...

Haxan é uma verdadeira aula de cinema, possui uma bela fotografia e realmente dá aquele medinho básico, rs.

O Fantásma da Ópera é maravilhoso apesar de peferir a adaptação teatral de Andrew Lloyd Webber. O Exorcista tem nem o que falar, até falei dias atrás no meu blog, é um terror de classe, não precisou apelar para cenas pesadas ou mortes nojentas para ser um bom filme.

Poltergeist é outra grata surpresa, efeitos especiais perfeitos para a época, trama bem amarradinha e ótima direção de Tobe Hooper, mestre do terror.

Grande abraço

Samy Campos disse...

nossa deu agua na boca pra ver isso tudo.
Se bem que eu já assisti O Exosrcista e O Fantasma da Opera. Vou da uma procurada nso outros dois.
bjs
http://pin-fruit.blogspot.com

Tsu disse...

Oi Rubi!!!

Caramba!! Vc mencionou HAXAM!!!
Eu estou muito curiosa sobre essa obra pelo que li no livro 1001 Filmes...tá dificil achar pra baixar...o que aguça ainda mais minha curiosidade!
Phantom of the Opera é também um clássico e o Poltergeist crei oque pode ser considerado um dos melhores filmes de terror de todos os tempos. Agora Exorcista eu acho mais chocante e polêmico, não necessariamente um terror..sei lá.
Ah meus deuses! Rubi, vc posta em lugares do meu blog que eu nunca ia imaginar! Meus posts de Papo-Furado são os únicos que as pessoas nunca comentam depois que o artigo é postado no dia até a postagem seguinte. E sim, nenhum post do Papo Furado eu irei refazer até porque todos eles foram escritos em um momento X e o pessoal comenta sobre. Depois..ninguém mais acessa e lê...você foi uma excessão 0.o.
Sabe eu nem lembrava o que havia escrito nesse post mas como vc comentou acabei lendoo novamente. De certa forma acho que no decorrer desse ano consegui cumprir. Mas gostaria de ter cumprido mais...mas acho que foi um bom avanço que fiz levando em conta que no principio eu não tinha quase nenhum acesso.

Sem falar que minha escrita melhorou muito.
Engraçado...é mais fácil conversarmos pelo blog do que conversarmos pelo msn hohohohoh.
Passa a lista de filmes sim! Como te disse, estou com uma lista gigante de filmes para assistir mas certamente na sua lista vai ter algum filme que eu conheça rs.
Confissões de Adolescente era um clássico. Mas eu gostava mesmo de Animais do Bosque dos Vinténs, Mundo de Beackmann, TinTin e claro, Anos Incríveis!
bjs

Karla Hack dos Santos disse...

Quem não assistiu estes, não sabe o que é filme de horror!
O Haxan me impressionou muito... nunca ia sonhar que um documentário da época pudesse causar esta sensação desconcertante...

Excelente Lista!

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top