segunda-feira, 7 de novembro de 2011

The Shining - As Crianças

Danny Lloyd nasceu no dia 1 de janeiro de 1973, e apareceu para as telas de cinema aos 7 anos de idade interpretando o personagem mirim Danny Torrance no filme The Shining (O Iluminado). Para a composição do elenco do filme, Kubrick pesquisou entre centenas de garotos, optando por ele devido a sua grande capacidade de concentração na execução de determinadas tarefas por longos períodos; apesar da pouca idade. Com grande maestria Kubrick conseguiu filmar todas as cenas com Danny sem que o pequeno tivesse noção de que participava de um filme de terror. Vale ressaltar a entrevista concedida por Danny no The Making Of The Shining. Infelizmente sua carreira artística resumiu-se a apenas uma outra participação em "Will: The Autobiography of G. Gordon Liddy", uma produção feita para a TV em 1982. Afastado das telas, dedicou-se aos estudos formando-se professor de ciências e biologia. Atualmente aos 38 anos de idade, ministra aulas de ciências exatas em Missouri.

Nascidas em 1968, as irmãs gêmeas Lisa e Louise Burns participaram, ainda crianças, de uma das cenas mais aterrorizantes da história do cinema. Até 1979 as irmãs Burns participavam de uma série infantil de TV, quando foram convidadas por Stanley Kubrick a participarem do elenco do filme The Shining (O Iluminado). Na época, contando com apenas doze anos de idade, as pequenas irmãs provavelmente jamais imaginariam o que estava por vir. Aos cuidados de Kubrick desempenharam o papel das irmãs gêmeas vítimas de um assassinato sangrento causado pelo próprio pai, antigo zelador do Hotel Overlook. A aparência bizarra das jovens em conjunto com toda a construção da cena envolvendo o pequeno Danny, tornou-se um clássico que fez parte constante dos pesadelos de uma enorme geração de aficcionados do gênero. Entretanto, assim como Danny Lloyd as irmãs Burns também não seguiram carreira artística limitando-se a essa única apresentação. Atualmente, aos 43 anos Lisa é formada em literatura e Louise é microbiologista.

9 comentários:

Blog UaiMeu! disse...

É tão engraçado qdo vc vê que aquela criança lá do filme hj é um adulto e mais velho que vc kkkkkkkkkkkkk o menino lembra demais do filme, a fisionomia nao muda só a idade msm rsrs
Agora as meninas? Jesuissssssssss qto medo faziam agora são duas senhoras risonhas!

Adorei

bjs
Renata

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Ele era expressivo, se destaca no filme...

O Falcão Maltês

Samy Campos disse...

Nossa, é tão interessante ver como as crianças estão. kkk. É muito legal, ver como estão aqueles artistas que eram apenas crianças. Hmm e respondendo a postagem, sim são camisas naquele estilo que fazemos também, obrigada pela visita ^^

Karla Hack dos Santos disse...

O interessante é que dois destes 3 caíram em algo ligado a Biologia! Todos estudaram... também é curioso..
Mas, eu acho que não seguiram carreira até pelo estigma que se fica perante um filme destes, especialmente com crianças.

;D

Kiko Lemos disse...

Eu tinha comentado no post de O Iluninado o destino de Danny Lloyd, rs. Em entrevista ele disse que só foi ver a versão sem cortes aos 17 anos e soube que o filme era de terror aos 13.

Já Lisa e Louise Burns eu desconhecia o destino, as vezes é até melhor não contiunar na carreira, muitos pequenos atores quando crescem ñ atingem o que se esperava, é melhor ficar marcado por um bom filme do que por uma série de fracassos.

Grande abraço

Tsu disse...

Oi Rubi!

Sabe, ás vezes penso que as crianças que fazem filmes de terror de sucesso acabam sendo estigmatizadas e depois dificilmente seguem carreira...é igual á garota do Exorcista ou Halley Joel Osment.

ahahsh mas então é só pelo fato de você não correr o risco de receber bronca de postar um comment num artigo que pretendo fazer que vc gosta de ver posts novos no meu blog? HOHOH 9brincadeira!). É eu também penso que cosplayer é um novo tipo de arte...você precisa ver os cosplays que os europeus fazem acerca de séries vitorianas ou medievais..eles tem á disposição os castelos e palácios para fotografar...os cosplayers de Kuroshitsuji por exemplo, usam e abusam disso e criam fotos perfeitas.
Ah então sua infância rtambém foi dominada pelos clássicos da Tv Cultura? Sobre esse Contos de Fada, eu consegui baixar tudinho na net..dublado! Nostalgia total!
Claro claro..esse tipo de evento otaku ou como o ZW é preciso ir com tempo e companhias para aproveitar legal e se divertir. Meu amigo tomou banho de groselha misturado com sangue falso no ZW...ninguém queria correr o risco de encostar nele ahshashashahsahsah.
bjs!

TELMA GUEDES disse...

oi Rubi! sua pesquisa é pra valer!lógico q não assisti, morro de medo de filmes de terror até hoje ...acho q vc é professora de Cinema...hehehehe! como está tudo por ai??? um grande abraço! beijossssss

Gabriel França disse...

oi rubi, meu blog é parceiro do empadinha frita, onde eu encontrei o seu. To adorando ler e ver esses posts sobre O iluminado, ao som dessa trilha incrível. Eu amo esse filme. A temática do seu blog é ótima, valoriza as maravilhas raras do passado, os filmes de verdade, as músicas de verdade que não se vê mais hoje em dia.

Por isso, gostaria de fazer-lhe a proposta de uma parceria com o meu blog, que trata principalmente de cinema e outras coisas interessantes. Se vc topa passa lá e responde nos comentários que eu linko o seu blog, ok?

http://monteolimpoblog.blogspot.com/

bjs e epero que aceite :)

Anônimo disse...

LEGAL!!

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top