quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Rosemary Clooney

Rosemary Clooney nasceu no dia 23 de maio de 1928. Atriz e cantora, Rosie, como foi apelidada, fez sucesso durante a década de 50 com hits como Mambo Italiano, Tenderly, Half as Much, Hey There e This Ole House. Tia do famoso ator George Clooney e irmã do jornalista Nick Clooney, passou por dificuldades durante a década de 60, recuperando-se somente dez anos mais tarde. Durante sua adolescência conseguiu um trabalho na rádio WLW , juntamente com as irmãs, e em 1946 realizou suas primeiras gravações para a Columbia Records. No ano seguinte, ao lado de Tony Pastor, marcou sua estreia no cinema com o curta metragem Tony Pastor and His Orchestra. Até 1949, Rosemary Clooney cantou ao lado de Tony Pastor, dando início a sua carreira solo somente em 1951 com o single Come On-a My House, produzido por Mitch Miller.

(Na foto: Rosie, José Ferrer e Marlene Dietrich) No mesmo ano atuou em Slaughter Trail como cantora, seguido por Here Come the Girls e Red Garters, nos quais desempenhou um papel de maior destaque. Ao longo de sua carreira, teve a oportunidade de gravar com vários músicos renomados da época, inclusive Marlene Dietrich, com a qual gravou um número significativo de canções. Em 1953 casou-se, com o também ator, José Ferrer; e juntos tiveram cinco filhos. Oito anos depois, o casamento estava acabado. Em 1954, junto com Bing Crosby, Danny Kaye e Vera-Ellen, estrelou na produção cinematográfica de Michael Curtiz, White Christmas. O filme alcançou níveis extraordinários de popularidade e consagrou ainda mais a carreira de Rosemary Clooney.

Ainda em 1954 fez uma breve aparição no musical Deep in My Heart. A boa sequência de filmes e gravações fez com que ganhasse um espaço na televisão no programa "The Rosemary Clooney Show" e posteriromente, num outro canal, o "The Lux Show Starring Rosemary Clooney", o qual durou apenas uma temporada. No final da década de 50, apareceu diversas vezes ao lado de Bing Crosby nos mais diversos programa. O dueto encantou o público e em pouco tempo, passaram a realizar shows juntos em turnês pelo mundo. Em 1968, sofrendo de distúrbios bipolares, enfrentou o fim de um relacionamento, a morte de um amigo muito próximo e a morte da irmã, isso fez com que ela tivesse um colapso, precisando ser internada com urgência. Em terapia por oito anos, escreveu sua autobiografia, onde ela descreve com detalhes os bons e os maus momentos de sua vida e carreira.

Até 1977, Rosie passou por cinco gravadoras: MGM Records, Coral Records, RepriseRecordse, Dot Records e United Artists Records; até finalmente estabilizar-se na Concord Jazz, onde gravou um álbum por ano. Em 1982, Jackie Cooper lançou "Rosie: the Rosemary Clooney Story", protagonizado por Sondra Locke. No ano seguinte, junto com o irmão fundou a Betty Clooney Foundation for the Brain-Injured, que visava atender as pessoas com lesões cerebrais. De 1990 a 2000, apareceu em comerciais de televisão e no seriado E.R., estrelado por seu sobrinho George Clooney. Em 1995 recebeu o Primetime Emmy Award, pela sua atuação no seriado e posteriormente apareceu no programa de rádio de Garrison Keillor, Prairie Home Companion como participação especial. Em 1999 fundou Rosemary ClooneyMusic Festival, onde todo dinheiro arrecadado auxiliou a restauração do Russell Theater; e lançou o livro "Girl Singer: An Autobiography". Em 2001 foi diagnosticada com câncer no pulmão, neste mesmo período, realizou aquele que seria seu último show interpretando a canção God Bless America no encerramento e recebeu o Grammy Lifetime Achievement Award.

Apesar de uma cirurgia, no dia 29 de junho de 2002 aos 74 anos de idade, faleceu. Em 2003 foi homenageada pelo pintor Alison Lyne, que fez seu retrato e expôs no Kentucky Women Remembered; e em 2007 foi feito um mural em Maysville, destacando os momentos de sua vida. Além disso, uma casa localizada em Kentucky guarda mais de 700 peças da cantora e atriz; o local recebeu o nome de Rosemary Clooney Museum e abre diariamente. Para quem quiser saber mais sobre a vida e carreira de Rosemary Clooney, basta clicar aqui.

10 comentários:

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Ótimo artigo sobre a atriz/cantora Rosemary Clooney, Embora eu não conheça seu trabalho em nenhuma das duas atuações valeu pelo conhecimento adquirido. Parabéns pelos ótimos textos Rubi.

Abração

Joicy Sorcière disse...

Estou encantada com seu blog, Rubi! Realmente de altíssima qualidade! Tudo muito bem fundamentado. Não conhecia muito a respeito da Rosemary Clooney. Vivendo e aprendendo!!!!

bjks JoicySorciere - Blog Umas e outras...

Iasmin Cruz disse...

Oi,
passando pra fazer uma visita.
E convidar pra um concurso que vale um layout exclusivo.

http://iasmincruz.blogspot.com/2011/12/concurso-mega-blog.html

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Voz poderosa.... Lembro dela em BEM NO MEU CORAÇÃO>

O Falcão Maltês

Andrezza disse...

Rubi... Quanto tempo! PArece que o ano vai chegando ao fim e o nosso tempo tbm não é mesmo???????
O que não podemos permitir ´q ue o tempo nos roube esses momentos lindos que vivemos quando paramos pra te visitar...
Amo esse seu espaço!!!!!!!!!

M. disse...

Nossa! Não sabia que ela era tia de George Clooney. Beleza é mesmo herança de família e talento também.

leandroaleixo disse...

Demais...Super interessante conhecer tia do Clooney..adoro ele..demais!!! Parabens pelas postagens como sempre!!!

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Uau... que vida bela, cantora, atriz e Titia do gostosão george Clooney, linda e com um valor inestimavel.
Menina quanto tempo não passo aqui hein? Pois é, eu andei mega ocupada e agora com udo calmo, estou voltando aos poucos pra cá, bem amei a postagem, como sempre fazendo maravilhosas postagens e amei a musica natalina... ahhhh... que bom ouvir este som magico... rsrsrsrs... Beijos Viu!!
http://www.artesdosanjos.com.br/

disse...

Ótimo conhecer mais uma prova de que talento, às vezes, é hereditário.
Gosto muito da canção Mambo Italiano, mas não me lembro de tê-la escutado na voz de Rosemary.
Beijos!

Por que você faz poema? disse...

Vale a homenagem,
principalmente nessa época.

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top