quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Bert Lahr

Nascido Irving Lahrheim no dia 13 de agosto de 1895, Bert Lahr destacou-se pelo seu bom humor nas peças da Broadway, apresentações nos gêneros burlesque e vaudeville, e nas telas. Aos 15 anos de idade abandonou os estudos para juntar-se a uma companhia de teatro até marcar sua estreia em 1927 na peça Delmar's Revels. Após uma longa sequência de musicais, o sucesso viria com a produção Hold Everything!. Em 1931 foi convidado a fazer parte do elenco em Flying High, marcando assim sua estreia no cinema. Durante este período apareceu também em Hot-Cha!, The Show is On (ao lado de Beatrice Lillie), DuBarry Was a Lady, George White's Music Hall Varieties, Life Begins at 8:40, Hizzoner, Mr. Broadway, Henry the Ache, No More West, Gold Bricks, "Boy, Oh Boy", Whose Baby Are You?, Off the Horses, Montague the Magnificent, Merry Go Round of 1938, Love and Hisses, Josette, Just Around the Corner e Zaza.

Em 1939 fez aquele que seria considerado um de seus melhores filmes, The Wizard of Oz (O Mágico de Oz) que já contava com um elenco grandioso. Interpretando o Leão Covarde, Bert em entrevista declarou que a roupa era constituída por pêlo de leão de verdade e durante as filmagens ele sofria bastante com o calor. Curiosidade a parte, o personagem interpretado por Bert foi o único dos três personagens (Homem de Lata, Espantalho e Leão Covarde ) a cantar duas canções, a primeira If I Only Had a Nerve e a segunda, If I Were King of the Forest. Após sua participação no clássico, limitou-se a trabalhos na televisão e teatro, onde ficou grande parte de seu tempo, chegando a receber o prêmio de melhor ator musical em 1964.

Entre as décadas de 40 e 50 atuou em Seven Lively Arts, Burlesque, Two on the Aisle, Waiting for Godot (considerada uma de suas melhores apresentações no teatro), Hotel Paradiso, The Girls Against the Boys, Sing Your Worries Away, Ship Ahoy, Meet the People, Always Leave Them Laughing, Mr. Universe, Rose Marie e The Second Greatest Sex. No final da década de 50 emprestou a voz para o desenho Old Whiff e começou a década de 60 trabalhando em seriados de televisão e comerciais, com destaque para The Eleventh Hour, a propaganda da empresa Lay's potato chips e no American Shakespeare Festival. Ao longo de sua vida casou-se duas vezes, a primeira com Mercedes e a segunda com Mildred (com a qual teve dois filhos). Sua primeira esposa sofria de um problema de saúde mental e isso fez com que sua relação com Mildred ficasse abalada devido aos cuidados de Bert com sua primeira mulher, tanto que ela optou pelo divórcio vindo a casar-se com outro homem.

A tristeza de Bert talvez tenha sido um dos principais motivos para que Mildred voltasse a ficar com ele. Durante as filmagens de The Night They Raided Minsky's no dia 4 de dezembro de 1967, aos 72 anos de idade, Bert faleceu vítima de pneumonia. Seu filho escreveu o livro "Notes on a Cowardly Lion-The Biography of Bert Lahr" e sua filha apareceu no documentário Memories of Oz (transmitido pela TCM) em 2001. Durante uma entrevista, Bert, que refletia sobre sua comédia, disse: "Laughter is never too far away from tears" (O riso nunca está muito longe das lágrimas).



Com esse artigo encerro a galeria dos principais personagens do filme, mas como seria injusto não mencionar os pequenos, mas importantes, coadjuvantes; trarei na próxima edição do blog o histórico cheio de curiosidades de cada um deles devido ao sucesso alcançado pela obra.

11 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

Muy interesante información,un placer visitarte,un abrazo.J.R.

disse...

Mais um talento vindo dos palcos da Broadway para o cinema, não? Curioso, não tinha reparado que o Leão era o único do trio a cantar duas canções. E imaginar que a MGM tinha pensado em usar um leão de verdade para o papel!
Beijos!

Sonhos Pré-Concebidos disse...

adoro esses posts que vc tá fazendo, das biografias rs
obg pela visita lá no nosso blog, pode voltar sempre que quiser ok? Bjs, Nícia.

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Parabéns Rubi, esses Post são muito importante para conhecermos melhor os que graças ao tempo vão ficando esquecidos. Ótimo Post, Grande ator que fez de O Magico De Oz muito melhor...
Abração

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Parabéns meninaaaa... que belas postagens sobre o grandioso filme O Magico de OZ e as musicas para ler as postagens ficaram perfeitas, se sabe fazer né!! Eu amooo este filme, é uma paixão infantil viu, assisti diversas vezes e até hoje me surpreende a historia, acho que depois desse as copias,foram só copias, nenuhm superou a grandiosidade desse aí!! Amei *-*... menina problemas na net de novo, mais quem não tem né? Estou resolvendo o babado!! Beijo grande e saudade de vc!!=D

http://www.artesdosanjos.com.br/

Aline Diedrich disse...

Deve ter sido um grande artista... Gostei muito das fotos que usou para ilustrar o post. Fiquei na expectativa do próximo post sobre as curiosidades.

Maxwell Soares disse...

Sou fã do Mágico de Oz. Mas confesso que não conhecia tanta particularidades a respeito dos seus personagens. É um deleite cultural o seu espaço. Voltarei, aqui, sempre. É uma parada obrigatória. Um abraço...

Bruna Worspite disse...

Sensacional as interpretações deste ator!
Busquei vídeos para poder conhecer melhor e adorei ;D


Bjs
http://bruhworspite.blogspot.com/

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Outro grande coadjuvante...

O Falcão Maltês

Tsu disse...

Oi Rubi ^^
Bom, de uma olhada naq fic e depois me diga o que achou ^^. Ah com relação áquele problema do Analytics, nada ainda u.u. Chutei o pau da barraca já kkk. Desisti de ficar tentando entender a bagaça.
bjs

jaguar disse...

si vc tiver facebook me add ok minha querida,http://www.facebook.com/profile.php?id=100003302049632

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top