sexta-feira, 2 de março de 2012

Our Hospitality - Elenco

Joe Roberts nasceu no dia 2 de fevereiro de 1871 e foi um comediante do cinema mudo americano que trilhou sua carreira ao lado de Buster Keaton. Big Joe Roberts, como era conhecido percorreu o país ao lado de sua esposa Lillian Stuart, com a peça Roberts, Hays, and Roberts, ao longo da primeira década do século XX. Neste período, a família Keaton começava o projeto Actor's Colony que consistia em formar uma comunidade de atores de vaudeville; que mais tarde teve Joe Roberts como um de seus membros, o que proporcionou a aproximação destes talentos da comédia. A partir de 1920 quando Keaton começou a produção de seus curtas, Roberts emprestou seu talento em 16 das 19 obras produzidas. Ao longo de sua carreira, Roberts fez apenas dois filmes longe de Keaton: The Primitive Lover ao lado de Constance Talmadge (cunhada de Buster) e Harrison Ford (não confundir com o famoso Indiana Jones); e The Misfit (que foi levado as telas do cinema somente após a sua morte). Ao lado de Keaton participou dos longas The Three Ages e Our Hospitality, ambos em 1923, porém durante a produção deste último Roberts sofreu um derrame que o tiraria das filmagens, não fosse a sua persistência e determinação. Voltou ao trabalho e após a conclusão do filme sofreu outro derrame falecendo pouco depois no dia 28 de outubro de 1923 aos 52 anos de idade.

Nascido Joseph Hallie Keaton em 6 de julho de 1867, Joe Keaton, pai de Buster Keaton, foi um ator do cinema mudo americano e membro do movimento vaudeville. Filho de Libbie e Francis J. Keaton IV, Joe (como ficou conhecido no mundo artístico) conheceu Myra Edith Cutler, com a qual fugiu e casou em maio de 1894. No ano seguinte, Myra deu a luz ao pequeno Joseph Frank Keaton (Buster Keaton) e mais tarde vieram Harry e Louise Keaton. Aproveitando o talento prematuro do pequeno Buster, Joe iniciou uma turnê pelo país onde o garoto tornou-se o centro das atenções, chegando a despertar ódio e indignação dos críticos e autoridades por conta das incontáveis cenas de quedas e tombos, as quais expunha o filho. Com o passar do tempo, Joe começou a beber em demasia tornando-se um alcoolatra, o que pôs fim a sua turnê com o afastamento de Buster. Independente de todos os fatos ocorridos, Buster jamais abandonou o pai, convidando-o a participar de suas produções para o cinema, Joe esteve presente em quase 20 obras do filho. Segundo relatos, faleceu em 13 de janeiro de 1946, aos 78 anos de idade, vítima de um atropelamento.

Outros atores: Ralph Bushman, Craig Ward, Monte Collins, Kitty Bradbury e Buster Keaton Jr.

12 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Não conheço essa comédia...

O Falcão Maltês

All World Zombies disse...

Faz tempo que eu queria postar aqui. Já olhei, sem brincadeira, mais de 500 blogs sobre cinema, seriados, cultura pop, etc, sendo que possuo dois blogs (um sobre Cultura Pop e outro sobre Zumbis) e, sinceramente, o teu se destacou dos demais. Pelo conteúdo, textos, fotos, filmografia detalhada, etc. Meus parabéns por essa pérola de blog. E fique sabendo que diariamente estarei aqui te acompanhando. Ahh, e Our Hospitality também era uma pérola. rsrs. Beijos e sucesso, Jeferson

Meus dois blogs:

www.culturapopsobretudoenada.blogspot.com
www.allworldzombies.blogspot.com

Blog UaiMeu! disse...

Excelente dica Rubi. Lembro do meu pai quando vc coloca atores que fizeram papéis de cawboys no cinema. Ele acredito que deve ter visto este filme pois AMA o gênero.

Parabéns pelo post e um grande beijo

Renata

Lele Fernandes disse...

Não conheço... (olha como sou ignorantchi nesses assuntos), mas vou dar uma olhada, se apareceu aqui deve ser badalo!

http://estilooque.blogspot.com/

Tsu disse...

Oi Rubi!
Caramba..existiu alguém com o mesmo nome que o Harrison Ford???
Ah sim..você precisa dizer algo no post mesmo...e disse.
AHSH pra vc ver garota1 Cosplay é algo que surpreende! E olha que cosplay do Scooby-Doo é fácil de fazer até..e vi muita gente fazendo, inclusive em eventos brasileiros!
Com relação á fotologs, é uma pena que eles tenham ficado tão banalizados. Eu lembro da época em que isso era o furor da web e jorrava de emos querendo aparecer com fotos próprias terríveis. Fazendo uma pesquisa sobre flogs me deparei com um site que era contra esses "fotologers" e zoava determinados tipos nos mínimos detalhes. Era até engraçado.
E valeu por ter curtido o post! Eu devia a sessão cosplay do Scooby para um colega blogueiro!
bjs

@qFernando disse...

É tão dificil imaginar que já existia cinema nessa época, sei lá, falar em data inferior à 1920 pra mim eu imagino, sei lá, o pessoal andando de carroça pela cidade ainda, e na realidade a industria do cinema já tava lá a todo vapor.

Beatriz Alencar disse...

Olha só, eu não o conhecia também....É incrível como tantas pessoas contribuíram para o cinema ao longos dos anos.
Eu também acho a estatueta de Branca de Neve incrível! Um dia, eu quero ir no museu de Walt Disney, para vê-la de perto. Bjoos,

Gabriel França disse...

Não conhecia esse filme também, mas mais uma vez o seu blog me apresentou e me dexou doido de vontade pra assistir. Bjs :*

http://monteolimpoblog.blogspot.com/

Leonardo disse...

Oi Rubi :D
Olha só, estava eu aqui fazendo minha pesquisas sobre cinema, vendo uns vídeos e encontrei uma história muito interessante. É sobre o ator e diretor "Roscoe 'Fatty' Arbuckle". Conhece? Eu só fiquei conhecendo agora, e a história dele é incrivel. Primeiro por ser muito amigo de Charles Chaplin e Buster Keaton. Foi ele quem ajudou Chaplin a criar o personagem do Carlitos emprestando a roupa pela primeira vez, e foi ele tambem que deu as primeiras oportunidade para o Buster Keaton no cinema. Mas um escândalo no inicio dos anos 20 destruiu a carreira dele.
Lendo a história dele logo lembrei de você e do seu blog. Se não conhecer da uma olhada ^^

BeijO

disse...

Interessante Keaton incluir o pai em seus filmes, afinal, foi através dele e de seus atos de vaudeville que Buster entrou para a vida artística. Que personagem fazia Joe Roberts em The Three Ages? Agora, de memória, não estou me lembrando dele...

Bruna Worspite disse...

Bem bacana a história de ambos, utilizar a influência dos pais nas obras, fizeram total sucesso.


Gostei
Bjs
http://bruhworspite.blogspot.com/

disse...

Olá, Rubi! Tenho no meu blog o selinho “blog cute” para você! É só pegar na barra lateral e repassar para outros quatro blogs!
Beijos!

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top