quarta-feira, 16 de maio de 2012

Annette Hanshaw

Catherine Annette Hanshaw nasceu no dia 18 de outubro de 1901 conforme relatos de seu sobrinho Frank W. Hanshaw III, pois até então tudo levava a crer que o ano de seu nascimento teria sido 1910. Figura marcante da era do jazz, Annette Hanshaw possuía um timbre de voz diferenciado que lhe atribuiu o título de The Personality Girl, e uma maneira toda peculiar de encerrar as suas apresentações com uma frase que se tornou sua marca registrada: That's all (Isso é tudo). O auge de sua carreira estendeu-se entre 1926 e 1934, período en que gravou vários sucessos por diferentes gravadoras. Entre 1926 e 1928 gravou nos estúdios da Pathe, ao final do primeiro semestre deste último foi a vez da Columbia conduzir o seu talento; por fim em agosto de 1932 Annette transferiu-se para ARC. Ao longo desses anos, Annette gravou várias canções adotando diferentes pseudônimos tais como Gay Ellis, Dot Dare, Patsy Young, Ethel Bingham, Marion Lee, Janet Shaw e Lelia Sandford. Seu último trabalho aconteceu no dia 3 de fevereiro de 1934 ainda pela ARC.

Ao contrário de várias astros do jazz que povoaram os EUA neste período, Annette participou de uma única produção cinematográfica, emprestando seu talento e sua voz no curta de 1933 Captain Henry's Radio Show, produzido pela Paramonunt Pictures. O curta foi uma espécie de homenagem ao programa de rádio Maxwell House Show Boat, do qual Annette fez parte entre 1932 e 1934. O desgaste causado pela vida atribulada do show business, levou Annette a encerrar a carreira muito cedo, casada com o executivo da Pathé Records, Herman Wally Rose; decidiu abrir mão da vida de cantora e passou a dedicar seu tempo a sua vida conjugal. Durante seu afastamento, em um determinado momento, Annete gravou dois singles demo que nunca foram liberados ao público. No dia 13 de março de 1985, aos 83 anos de idade, vencida por um câncer contra o qual vinha lutando há muito, Annette faleceu em Manhattan. Em 1999 a Sensation Records lançou uma coleção de CD's com as músicas de Annette; já em 2008 a produção do desenho animado Sita Sings the Blues trazia canções e expressões do dia-à-dia de Annette.

Por fim, como não podia deixar de ser, em 2010 foi a vez da produtora 2K Games prestar uma homenagem incluindo na trilha sonora do jogo Bioshock 2 a canção Daddy Won't You Please Come Home. Para quem não conhece a obra de Annette Hanshaw, deixo aqui um "pequeno aperitivo", divirtam-se: Mean To Me, We Just Couldn't Say Goodbye e You Wouldn't Fool Me, Would You?

15 comentários:

renatocinema disse...

A música do blog me trouxe uma nostalgia boa.

Impagável.

Gabriel França disse...

Legal conhecê-la. Gostei da música e a voz dela é linda!

http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/

disse...

Que bom que ela foi redescoberta e suas músicas voltaram a ser comercializadas. A que eu mais gostei foi High Upon a Hill Top.
Beijos!

Iza disse...

Não conhecia ele. Que linda e estilosa! Linda voz ela tinha; adorei a música que você colocou. Sou fã de jazz; é um estilo de música lindo e elegante. Quando escuto parece que voltei para a década de 20 ou 40. Outras cantoras que gosto são Peggy Lee e Ella Fitzgerald. Beijão <3

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

É de admirar que um dia existiu cantoras tão notaveis, nessa epoca onde qualquer um grava CD e se diz cantor, uma voz como está é um primor!!
Amei conhecer a voz dela!!
Bjs

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Bela voz, Rubi. Não a conhecia.

O Falcão Maltês

Maxwell Soares disse...

Oi, Rubi. Catherine Annette Hanshaw é uma cantora extremamente original. A sua voz é linda e muito doce. Todos os títulos e honraria que foram dado a ela faz juz a tudo. A ideia de terminar sempre com uma frase marcante é belo. Parabéns pela postagem. No mais, That's all.

Tsu disse...

Oi Rubi!
Tudo bom contigo? Menina, senti realmente sua falta nos comments do meu blog...vi que vc tinha dado uma sumida mas pensei que era só para comentar no meu blog. Mas a correria está tensa ai por causa de trabalho? Eu ando demorando bastante para conseguir cuidar do meu blog semanalmente...o trabalho está tenso e o tempo livre durante a semana não é o suficiente.
De fato, eu adorei saber como foi a primeira fotografia! Abordando um outro assunto esses dias vi um artigo fenomenal sobre os quadros que retratam crianças chorando...já viu sobre isso? É perturbador.
Olha lá hein! Vou cobrar para vc ir em eventos..espero que vc curta, o que acho que vai acontecer se ir em um! Toparia ir no AF em julho? Semana que vem tem um evento legal em SP mas acho que está encima da hora pra avisar rs.
Enfim, vamos nos falando!
bjs

Alice Oliveira disse...

Ainda não conhecia ela...adorei a musiquinha!!

http://rebucomcafe.blogspot.com.br

beijinhos

M. disse...

Ah que saudades de vir aqui!!!! Eu não a conhecia. Agora a conheço graças à Rubi! Um abraço e ótimo domingo.

Karla Hack dos Santos disse...

Que luxo ela!!
Eu conhecia algumas das músicas, mas não ela em específico.. Adorei!

Estou com um novo blog!
http://antesqueordinarias.blogspot.com.br/

;D

Bruh Worspite disse...

Olá Ruby!
Vc sumiu, senti sua falta, rs

A história da Annette eu não conhecia, ela é lindaaaaaa, adorei conhecer um pouco mais sobre sua experiência de vida, rs


Bjss

Worspite Noivas

Blog UaiMeu! disse...

Oi Rubi!
Saber que Annette era uma cantora de Jazz é mto legal. Pois acho um dos gêneros musicais mais lindos que existe.
Talento é talento...
Vc sumiu e nós tbm sumimos!
Apareça sempre!
Até
Renata

Patrícia disse...

Olha que legal eu já assisti o desenho animado Sita Sings lindo demais as animaçoes e que legal saber por aqui q os criadores e tiveram influencias dessa Diva que eu não conhecia. Post fabuloso Rubi, parabéns
Bjkas

Isolda Florencio disse...

Linda, linda, linda! Que voz!
Amei o blog!
Beijo!

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top