quarta-feira, 24 de julho de 2013

Vidas sem Rumo - Elenco

Nascida Maria Madalena Pereira Otão, no dia 21 de julho de 1917, na cidade de Lavos/Portugal; Madalena Sotto foi uma expoente atriz do cinema português dos anos 40. Aos 10 anos de idade, mudou-se para Oliveira de Azemeis onde seu pai, o pintor Luís Otão assumiria o cargo de primeiro diretor da Escola de Artes e Ofícios. Ali, estudou tapeçaria, modalidade da qual sua mãe Aida Augusta Pereira era mestra. Em 1939, na cidade de Figueira da Foz, o amigo e jornalista Artur Inês apresentou-a ao produtor de cinema Leitão de Barros, que no mesmo ano conduziu-a ao seu primeiro trabalho nas telas do filme A Varanda dos Rouxinois. No ano seguinte, marcaria nova estreia, desta feita, no teatro com a peça Os Velhos do diretor João da Câmara, no Teatro Sá da Bandeira. Dividindo seu tempo e talento entre o cinema e teatro, protagonizou no mesmo ano Feitiço do Império, com o diretor Antonio Lopes Ribeiro; com o qual voltaria à cena em 1945 no filme A Vizinha do Lado. Em 1947, trabalharia com o diretor Ladislao Vadja em Três Espelhos e com Manoel Guimarães em 1956 no filme Vidas sem Rumo. À partir daí, deu prioridade aos trabalhos no teatro voltando à cena somente em 1972, aceitando convite do diretor Rafael Romero Marchent para compor o elenco de Sinal Verde; seu último trabalho cinematográfico. Foi agraciada com o prêmio da melhor atriz em 1945 pelo SNI (Secretariado Nacional de Informações) em Lisboa. Faleceu no dia 20 de dezembro de 2011 aos 94 anos de idade.

Nascido em Lisboa no dia 3 de outubro de 1917, Jacinto Ramos foi um dos grandes atores do teatro, televisão e cinema português. Aos 20 anos de idade já despontava o interesse e talento pela arte, que o conduziu a participar e vencer um concurso para locutor da "Rádio Clube Português" (RCP), como membro da equipe do jornal Diário do Ar. Talentoso, Jacinto utilizava-se deste poderoso veículo de comunicação para dirigir e interpretar inúmeras peças radiofônicas; tanto na RCP quanto em outras mais que trabalhou ao longo da carreira. Estimulado pela ideia de atuar nos palcos, ingressou na "Socieadade Guilherme Cossoul" como ator amador. Alí, ao lado de José Viana, fundou em 1945 o Grupo de Teatro Cossoul. Inovadores, tiveram como um de seus primeiros trabalhos a peça Cravas de Todo o Ano, na qual ambos interpretaram personagens travestis. No ano seguinte, marcou sua estreia nas telas do cinema numa participação discreta na comédia musical "Ladrão, Precisa-se!..." do diretor Jorge Brum do Canto. Ao longo dos anos 40 percorreu os arredores de Lisboa com sua companhia teatral; porém somente à partir de 1949 tornou-se ator profissional estreando no Teatro Nacional D. Maria II no ano seguinte, na peça Curva Perigosa. Volta as telas somente em 1953, novamente com Jorge Brum, no filme Chamite; e 1956 em Vidas sem Rumo de Manoel Guimarães. Em 1957 empresta seu talento para algumas produções para a  televisão; voltando as telas em 1959, novamente com Guimarães, no filme A Costureira da Sé. Em 1962, convidado pelo diretor sueco Thor L. Brooks, atua na comédia de ação o Elixir do Diabo. Tendo sua carreira pautada entre o teatro e cinema, a partir de 1963 passa a dedicar-se com grande ênfase aos trabalhos para a televisão. Neste período, entre um trabalho e outro, atua nos filmes Traição Inverosímil (1971), Los mil ojos del asesino (1974), Benilde ou a Virgem Mãe (1975), As Ruínas no Interior (1977) e Manhã Submersa  (1980). Depois, somente em 1992 no filme Hors saison ; encerrando a carreira em 1997 no filme "Abstracto"do diretor Rui Goulart. Ao longo da carreira conquistou vários prêmios, com destaque especial para o ano de 1994, quando foi condecorado pelo Presidente da República com o grau de  "Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada. Faleceu em 4 de novembro de 2004 na cidade de Lisboa, um mês após seu 87º aniversário.


Outros atores (seguindo a ordem da imagem acima): Eugénio Salvador, Maria Olguim e Dórdio Guimarães. - Manuel Correia, Luís Filipe, Jose Vitor, Jaime Zenóglio, Viana de Almeida, Artur Rodrigues, Berta Fernandes e Almeida Santos.

6 comentários:

Malu Silva disse...

Este seu trabalho de garimpagem que faz acerca desta ARTE tão maravilhosa que é o cinema, sempre nos acrescenta e encanta. Grande abraço!!!

Tsu disse...


Oi Rubi!
AHSAHSH na verdade eu bolei o brechó e não estou vendendo roupas não até pq vender roupas na net não vira.Mas de repente alguém se interessa pelas coisas do brechozinho né/ Não custa nada. Mas logo haverá aqui novidades com relação aos cadcernos, portanto aguarde!
Com certeza..quando a pessoa nos deixa um comentário é uma coisa que faz o nosso trabalho dispensado ao blog valer á pena! Eu tmabém considero seus comentários no meu blog essenciais!
bjs

Patrícia disse...

Adorei esses atores portugueses, só aqui mesmo que passo a conhecer tanta gente cheia de talento...o q falta a muitos hj em dia , ter talento!
Deixei o link desse post do blog de uma amiga blogueira portuguesa
Bjs, Rubi

Suzane Weck disse...

Ola Rubi,desde que através de teu excelente espaço ,comecei a tomar conhecimento de tantos atores e filmes portugueses fiquei curiosa por saber sobre suas musicas e trilhas sonoras.Talvez tenha alguma canção que seja mais conhecida e que faça parte de algum filme.Vou pesquisar á respeito.Estes atores e filmes que hoje mencionas,vim á conhecer neste momento ,graças a teu magnífico trabalho. Uma boa noite e meu maior abraço.SU

disse...

Madalena Sotto fazia aniversário no mesmo dia que eu!
Gostei demais dessa amostra do cinema português no seu blog!
Beijos!

Beatriz Alencar disse...

Rubi, esse seus posts sobre o cinema português estão ótimos! Quando se fala em cinema europeu eu pelo menos, só lembro dos filmes italianos. É bom ver que nossos colegas portugueses também tem um cinema admirável.

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top