quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Irmãos Skladanowsky

Durante este mês de fevereiro, trarei algumas informações e novidades à cerca do cinema mundial ao longo dos tempos; culminando com a criação do Oscar e seus principais ganhadores. Porém, como esse mês coincide com o período em que estarei mudando de residência, talvez haja algum atraso na publicação desses textos, antecipadamente peço desculpas caso isso ocorra. Quem lê sobre o cinema e seus primórdios, certamente já conhece a trajetória dos Irmãos Lumière e a importância de Louis e Auguste para o desenvolvimento da sétima arte. Muitos, também sabem, que a primeira exibição ocorreu em 28 de Dezembro de 1895, na França.

No entanto, esta é uma informação equivocada, pois, não muito longe dalí os Irmãos Skladanowsky criavam um curioso aparelho chamado Bioscópio; o qual exibiria um filme 27 dias antes do Cinematógrafo dos Irmãos Lumière. Max e Emil Skladanowsky (1866-?) foram os pioneiros do cinema alemão, e responsáveis pela primeira exibição cinematográfica do mundo. Nascido em 30 de abril de 1863, em Berlim/Alemanha Max trabalhava como fotógrafo e pintor de vidro até mostrar interesse pela lanterna mágica (projetor de imagem simples desenvolvido no século XVII pelo abade Nollet). Em 1879, juntamente com sua família, viajou pela Europa para mostrar o funcionamento da lanterna mágica. Quase vinte anos depois, surgiu a ideia de criar um aparelho que tivesse a mesma função: projetar imagens dando a ilusão de movimento; foi então que Max e Emil criaram o Bioscópio. No dia 1º de novembro de 1898, acompanhados pelos diretores do Teatro Wintergarten, os irmãos Skladanowsky realizaram a primeira exibição do Bioscópio, anunciando ser a "invenção mais interessante da era moderna".

O filme consistia numa junção de vários curtas de aproximadamente 6 segundos cada, e contava com um acompanhamento musical produzido especialmente para os filmes. Infelizmente, não há disponibilidade de maiores informações sobre as produções dos Irmãos, tampouco do funcionamento do Bioscópio, contudo sabe-se que era um mecanismo parecido com o cinematógrafo, porém tecnicamente inferior.Após essa exibição, os irmãos Skladanowsky voltaram a trabalhar somente com fotografias, vendas de câmeras e projetores. Instituiram a  empresa Projektion für Alle, com a qual produziram uma série de filmes no início do século XX (alguns dirigidos pelo irmão mais novo Eugene), porém sem obter sucesso com os mesmos.

Nos seus últimos anos de vida, foram acusados pela imprensa de se auto-valorizarem nas suas participações nos primórdios do cinema. Max faleceu no dia 30 de novembro de 1939 aos 76 anos de idade. Em 1995, o ator Udo Kier interpretou Max no documentário Die Gebrüder Skladanowsky produzido pelo cineasta alemão Win Wenders para a TV. Sua filmografia estende-se a pouco mais de 20 filmes;e para quem tiver interesse em conhecer as obras, deixo disponível os links: Ringkampfer, Die Serpentintänzerin, Das boxende Känguruh e Skladanowsky-flipbook.

14 comentários:

Iza disse...

Eu conhecia um pouco sobre os irmãos Lumière, mas nada sobre os Skladanowsky. Gostei muito de conhecê-los. Pioneiros do cinema alemão, que legal. Não sei porque, mas seu post me lembrou da Invenção de Hugo Cabret - adoro o Méliès.
Beijos <3

disse...

No livro que resenhei no blog havia uma menção aos irmãos e nada mais. Muito bacana conhecê-los e, em especial, ver algumas de suas obras que sobreviveram ao tempo.
Beijos!

Ruby disse...

Gênios sempre existiram, já pensou se não fossem eles? outro sim, com certeza, mas retardaria; Boa ideia essa de postar informações sobre essa arte que é incrível, mas que poucos sabem realmente como tudo começou, não conhecia os irmãos Skladanowsky e sempre atribuí aos irmãos Lumière o nascimento da 7ª arte. Bom saber, cada um tem que receber a honra que lhe é devida por sua invenção genial.

Palavra Por Palavra disse...

Oi! Tem um selinho pra você lá no meu blog (: http://naoparadesonhar.blogspot.com.br/2013/02/tag-selinho-de-indicacao.html

rodrigobandasoficial disse...

Poxa não conhecia sobre esses Irmãos tão famosos. Mas eles foram grandes diretores. Pena que morreram era um dos melhores diretores do mundo.

REINVENTANDO disse...

Rubi!! Que blog maravilhoso, falando sobre assunto que me encantam como criação de cinemas e coisas clássicas. Parabéns pelo blog, já estou te seguindo

REINVENTANDO disse...

Desculpe, não me identifiquei..abraços.Sandra

Beatriz Alencar disse...

Muito curioso e interessante essa história dos irmãos Skladanowsky, Rubi! Abraços,

M. disse...

Sempre vindo aqui e aprendendo um pouco mais sobre cinema. Digo, aprendendo muito.

Tsu disse...


Oi Rubi!
Sensacional vc mencionar estes irmãos...lembro que uma vez li algo sobre eles e ás vezes ouso dizer que eles foram os verdadeiros percursores do cinema...
A Asuka te lembrou a Sailor Moon? Bom, posso dizer que as duas são bem diferentes...mas acho que tem á ver o lance do cabelo rs.
Como nós duas já estamos nos falando por mail á respeito do seu pedido..os dados mais em off falamos por lá...vou até deixar um número do meu cel, para qualquer coisa =)
É..escrever no livro não é fácil..tem vez que escrevo seguido...tem vez que dou um tempinho e retomo de novo..depende da criatividade e do tempo disponível.
Eu ultimamente vivo com sono então..se eu pegar o único dia que tenho pra ver filme (ou melhor, noite/madruga) pra ver filme mudo..já era kkkk
bjs

Victória Cruz disse...

que post maravilhoso!
Já ouvi falar sobre os irmãos Lumière, mas não conhecia os irmão Skladanowsky,
pena eles não serem tão reconhecidos, já que eles são de certa forma responsáveis pelo nosso cinema.
oba, estou ansiosa por posts sobre o oscar, e claro que te ajudo com o post sobre moda, ainda bem que vai ficar mais para o mês de maio porque também estou de mudança e não sei como vai ser a minha conexão com internet e a minha instabilidade também, mas com toda certeza ajudarei, porque por email posso te mandar tudo
beijos
http://croquidemoda.blogspot.com.br

Expedito G Dias (BLOG DE POESIAS DO PROFEX) disse...

Hoje em dia achamos tão poucas menções a grandes gênios das ARTES. As boas biografias estão cada vez mais distantes das pessoas e o trabalho de garimpagem não é fácil. Muito boa postagem...

Flá Romano disse...

Oieeee
Adorei o post... Super completo e interessante...
Arrasou!
Bjoss
http://morenanude.blogspot.com.br/

Daniel disse...

Assisti o filme do Wim Wenders recentemente e caí no seu blog. Adorei!

Postar um comentário

Esse blog destina-se a trazer informações, curiosidades, músicas e muitas dicas. O universo de pesquisa é muito vasto e se você tiver interesse em algo ou alguém deste universo em especial, faça sua sugestão e na medida do possível tentarei apresentar um trabalho que lhe agrade.

 
↑Top